quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Câmara Municipal de Chapadinha, um local de que?

Tenho acompanhado com bastante interesse o que os nossos parlamentares fazem, e digo a vocês caros leitores, a cada dia que passa fico mais decepcionado com o que vejo, de como em nossa cidade os interesses do povo são tratados, como a coisa pública é conduzida, e sinceramente acho tudo isso uma vergonha.
Além de não se ver nenhuma matéria voltada ao bem comum, agora a nossa Câmara municipal escancarou de vez, ultimamente tava dificil acontecer uma seção, por que os nossos queridos parlamentares não compareciam, e quando acontece está tão esperada seção a baixaria corre solta, no ultimo episódio que protagonizou esse verdadeiro show, foram os vereadores Marcelo Menezes (PSDB) o único da oposição em Chapadinha e o Lider do Governo Vereador França Nilo.
Foto Blog do William Fernandes
Por este tipo de atitude de nossos parlamentares a nossa cidade mais uma vez está em destaque no cenário nacional, onde Blogs de todo o Brasil publicaram a imoralidade que aconteceu na última seção, alem de ter sido postado o video no Yutube, Agora vejamos a quem nos representa, pessoas que atacam a vida pessoal de seu companheiro com várias acusações uma delas é o espetocard na Boca de Fumo, isso é papel de um vereador.
Pergunto ao dirigentes da Câmara Municipal de Chapadinha o que vai ser feito, que atitudes serão tomadas, o nosso povo não pode ser penalizado por isso, que deveria dar exemplo, está envolvido até com o tráfico de drogas, roubalheiras do dinheiro público dentre outras coisas, como afirmam os vereadores citados, e que pode ser constatdo em suas falas naquela seção.
Será que esse vai ser o incentivo para o povo ocupar o plenário daquela casa, o clima pesado que aconteceu na última segunda, dia 28. Havia um grande número de guardas municipais, a fim de oferecer um pouco mais de tranqüilidade a todos. Mas sinceramente espero que a direção daquela instituição tome alguma atitude, chega de omissão, a cidade ta uma porcaria, não vou citar os problemas pois estão ai para todo mundo ver. Agora tornar a casa do povo em um local de mulecagem, me poupem, somos trabalhadores e contribuites, pagamos os seus salários e merecemos respeito.


Complexo Cultural do Bumba-Meu-Boi no Maranhão é o mais novo Patrimônio Cultural do Brasil

O Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural aprovou o registro do Complexo Cultural do Bumba-Meu-Boi no Maranhão como Patrimônio Cultural do Brasil.
A decisão, tomada nessa terça-feira (3), foi o resultado de uma luta de seis anos. A proposta de registro foi apresentada em 2008 ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) pela Comissão Interinstitucional de Trabalho, composta pela Superintendência Regional do Iphan e atual Superintendência do Iphan no Maranhão, pela Secretaria estadual de Cultura, a Fundação Municipal de Cultura, a Comissão Maranhense de Folclore, o Grupo de Pesquisa Religião e Cultura Popular da Universidade Federal do Maranhão (Ufma), representantes dos grupos de Bumba-Meu-Boi dos Sotaques da Baixada, da Matraca, do Zabumba, da Costa-de-Mão, Orquestra e de Bois Alternativos.
“Receber um título desse dignifica, mas cria a responsabilidade pela salvaguarda dessa manifestação cultural, para que ela se fortaleça cada vez mais e não seja modificada na sua essência.”, diz a superintendente do Iphan no Maranhão, Kátia Bogea.
O conselho, que avalia os processos de tombamento e registro de bens do patrimônio cultural brasileiro e é comandado pelo presidente do Iphan, Luiz Fernando de Almeida, é formado por especialistas de diversas áreas, como cultura, turismo, arquitetura e arqueologia. Ao todo, são 22 conselheiros de instituições como o Ministério do Turismo, Instituto dos Arquitetos do Brasil, a Sociedade de Arqueologia Brasileira, o Ministério da Educação, a Sociedade Brasileira de Antropologia, o Instituto Brasileiro de Museus e a sociedade civil.

1º Caverna Voley Fest

Vai acontecer neste fim de semana o 1º Caverna Voley Fest, que irá acontecer na quadra da Caverna Lanches (antigo Mercado Velho), o tornei terá a organização de Ivan Renzo (Ivanilson) e Etevaldo (caverna), e será na modalidade 4x4. Uma oportunidade de nossa juventude mostrar as suas habilidades nesta modalidade esportiva, e tambám de unir a velha guarda do voley de Chapadinha.
O empresário Etevaldo tem se destacado não somente na area de lanches, mas também como um grande incentivador a prática esportiva naquele local, que outrora encontrava-se ocioso sem nada, e agora todos os dias tem jovens e criancas praticando atividades esportivas, tanto na quadra de voley, quanto na quadra de futebol, e esse tipo de pessoa o Blog Sala Vipp coloca em destaque.
As incrições para o referido torneio estão sendo feitas no local apartir das 18:00 horas, e o torneio será realizado da seguinte maneira: Cabeças de Chaves, jogadores intermediários, levantadores e jogadores de menor expressão, logo em seguida será feito um sorteio onde cada quarteto vai receber um atleta desse grupo e será formado o time, e importante frizar que as inscrições serão individuais.
Esse modelo de torneio já vem sendo adotado nos Cangaias e tem sido um sucesso, por isso atletas participem, pois as incrições serão limitadas, e depois da final um pagodão de primeira para animar os presentes, por isso você é o nosso convidado para este grande evento, não fique de fora do 1º Caverna Vloley Fest. 

Orçamento fixa salário mínimo em R$ 619,21 para 2012

O governo propõe no Projeto de Lei do Orçamento da União para 2012 a correção do valor do salário mínimo em vigor em 13,6%. Isso representaria um reajuste dos atuais R$ 545 para R$ 619,21, a partir de janeiro de 2012. A informação é da ministra do Planejamento, Miriam Belchior, que hoje (31) entregou aos presidentes do Senado, José Sarney (PMDB-AP), e da Câmara, Marco Maia (PT-SP) o projeto de lei e o Plano Plurianual (PPA) para o período de 2012 a 2015.
O relator do Orçamento para 2012, na Comissão Mista de Orçamento, será o deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP). O valor seguiu acordo firmado entre o então governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva com o Congresso de ter como regra para o reajuste anual do salário mínimo a inflação do ano anterior e o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos antes. Por essa fórmula, o mínimo de 2012 considera a inflação de 2011 mais o crescimento do PIB de 2010.
Em abril, a proposta prevista para o salário mínimo, no ano que vem, era R$ 616,34 de acordo com análise do Ministério do Planejamento.

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Igreja ataca a Comunidade Católica de Chapadinha

Lendo o Blog do jornalista William Fernandes vi a seguinte materia: Igreja católica revolta-se contra supostas provocações de protestantes durante "pseudo-culto" no Caterpillar.  A paróquia de Chapadinha publicou em seu site, uma nota criticando supostas ofensas aos católicos, feitas por protestantes durante evento realizado no Bairro Caterpillar.
Isso que está acontecendo segundo informa o site da Paróquia de Chapadinha, é um desrespeito a comunidade católica de nossa cidade, o que em nosso país é considerado crime, leiam parte da matéria publicada no Site da paróquia de Chapadinha:
1 – Registramos com toda a indignação possível a má educação, a insolente provocação, a indignidade moral e a ofensa injuriosa que os protestantes da Caterpila fizeram à comunidade católica durante um pseudo-culto realizado na rua, frente à assembleia deles.
Segundo testemunhas católicas locais as referências feitas a Nossa Senhora foram terrivelmente injuriosas assim como o que se disse sobre a Padroeira comparando-a a figuras espíritas possuidoras do demônio. Vê-se qual é o nível de fé dessa gente, como pratica a caridade, a má educação e a falta de respeito para com outras crenças diferentes da sua e até onde chega o atrevimento que raia os limites da total estupidez.
Assim a continuar, com tanta arrogância e ofensa, teremos que recorrer a tribunal. E desejava que soubessem que a comunidade católica de Chapadinha está a ficar cansada de tanto saliência ofensiva e falta de respeito. Nunca houve tanta insolência da parte dessa igreja e pedimos aos pastores que revejam sua posição que não é normal e, muito menos, cristã. A enveredar por esse caminho de proselitismo e confronto, que imagem damos de tolerância e o que pode vir a acontecer no futuro? A injúria foi enorme e a revolta de quem ouviu é grande.
É uma pena que atitudes iguais a essa venham acontecer em Chapadinha em plena era moderna, todas igrejas consideradas cristã pregam o mesmo DEUS, o que muda são as suas doutrinas e costumes, é inaceitavel atitudes desse tipo, desrespeito as religiões é crime previsto em lei.
Concordo com o que foi publicado no site da paróquia de Chapadinha quando diz: "Discordar é próprio de pessoas humanas, mas atacar e ofender é indigno de nossa condição de discípulos de Jesus." Então fica o desejo de toda a comunidade católica de Chapadinha, de mais respeito,  somos ainda a maior parte no tocante a religião, cada um busque a DEUS de sua maneira, mais o respeito é fundamental.

Novas regras para uso de verbas federais da educação proíbe uso de cheques e restringe saques

Entrou em vigor sexta (27) as regras do decreto assinado em junho pela presidenta Dilma Rousseff que tornam mais duras as normas para o uso de verbas federais da educação e da saúde por estados e municípios. O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) deve publicar na edição de hoje (26) do Diário Oficial da União resolução que regulamenta essas mudanças, entre elas a proibição do uso de cheques para pagar fornecedores. O objetivo é fazer com que as movimentações financeiras sejam feitas quase todas por meio eletrônico – o que permite maior controle dos gastos. Sera que em Chapadinha isso vai funcionar.
A resolução abrange os principais programas de transferência de recursos do governo federal para prefeituras e governos estaduais na educação, entre eles os que ajudam a financiar a merenda e o transporte escolar, além dos recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb). O dinheiro é depositado em uma conta específica, que agora deverá ser em bancos federais – a Caixa Econômica e o Banco do Brasil.
Para apenas dois programas deles será permitido sacar o dinheiro: o Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar (Pnate) e o Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE). Ainda assim, os saques são para ocasiões excepcionais e estão restritos ao total de R$ 8 mil ao ano.
“Esses saques vão propiciar essa transição de tirar a figura do cheque da movimentação porque não podemos também engessar o processo. Ainda temos alguns prestadores de serviço que não têm conta bancária. Por exemplo, um barqueiro que recebe dinheiro da prefeitura para transportar os alunos de um vilarejo a outro”, explica Gina Loubach, coordenadora de Execução e Operação Financeira do FNDE.
O Pnate transfere recursos a municípios e estados para apoiar o custeio do transporte escolar. Já o PDDE repassa quantias menores direto às escolas para pequenas compras de material ou gastos com reparos na estrutura física da unidade. Os saques feitos até o limite de R$ 8 mil ao ano deverão ser justificados na prestação de contas. Outra novidade da resolução é que o FDNE passará a publicar na internet os extratos bancários mensais dessas contas que são utilizadas para repasse de recursos da União. A previsão é que os dados estejam disponíveis a partir de outubro.
“Isso torna o processo mais transparente porque não vai depender da autorização da prefeitura essa divulgação. Será uma ferramenta de fiscalização que poderá ser utilizada por qualquer cidadão. No extrato ele poderá ver o que o estado ou município está gastando e com quem”, acrescenta Gina.

Crescem índices de distribuição de água, tratamento de esgoto e coleta de lixo nas cidades

As ligações de distribuição de água, os sistemas de esgotamento sanitário e a coleta de lixo cresceram no país entre 2008 e 2009. Baseado em coleta de dados do Ministério das Cidades, o Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS) identificou 1,6 milhão novos usuários do serviço de abastecimento de água, o que corresponde a um aumento de 16,6 mil quilômetros nas redes de distribuição em todo o país.
O esgotamento sanitário teve 1,1 milhão de novas ligações no período, quando foram instalados 16,5 mil quilômetros de novas redes de escoamento. O volume de esgoto tratado no país, atualmente, chega a 237 milhões de metros cúbicos.
Houve, no período avaliado, elevação de 215 milhões de metros cúbicos na produção de água, mas o consumo ficou em apenas 25% desse potencial, equivalente a 53,9 milhões de metros cúbicos.
Em 2009, o abastecimento de água beneficiou 4.891 municípios e o sistema de esgotamento sanitário, 2.409 municípios. Os números correspondem a 97,2% e a 81,5% do total da população urbana do país, respectivamente em relação à rede de abastecimento de água e à de esgoto.
Houve também aumento da cobertura do serviço regular de coleta domiciliar de resíduos sólidos, equivalente a 93,4%. A destinação final totalizou o montante de 24,9 milhões de toneladas de resíduos domiciliares e públicos. Foram despejados em aterros sanitários 16,2 milhões de toneladas, mais 5,9 milhões de toneladas para aterros controlados, 1 milhão de toneladas para unidades de triagem e de compostagem e 1,8 milhões de toneladas foram depositadas em lixões.
O maior índice de atendimento total com abastecimento de água encontrado foi encontrado em Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, São Paulo, no Paraná e no Distrito Federal. Nenhuma unidade da Federação ficou na faixa de menor índice, ou seja, com índice menor que 40% de atendimento total de água.
São números crescentes que sinalizam "a redução na poluição do meio ambiente em geral, mostrando melhora no quadro do saneamento do Brasil", constata o diagnóstico. O SNIS é o maior banco de dados do setor de saneamento no país e serve para traçar políticas públicas nos três níveis de governo (federal, estadual e municipal), sendo usado também para basear decisões na área do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).
O trabalho é elaborado anualmente pela Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental do Ministério das Cidades. Neste mês, a secretaria lançou a 15ª edição do Diagnóstico dos Serviços de Água e Esgotos e a 8ª edição do Diagnóstico de Manejo de Resíduos Sólidos Urbanos, referentes a 2009.
As informações são fornecidas por prestadores de serviços e abrangem aspectos operacionais, administrativos, econômico-financeiros, contábeis e da qualidade dos serviços. Em relação a 2008, houve, em 2009, três mudanças fundamentais no cenário dos dados, ampliação do número de prestadores de serviços; coleta de informações mais simplificada e aumento da importância do SNIS na tomada de decisões sobre novos investimentos.
Ainda de acordo com o levantamento, os investimentos nos serviços de água e esgoto nos estados, tiveram acréscimo em 2009, totalizando R$ 7,8 bilhões. No anterior, os investimentos foram R$ 2,2 bilhões.
O SNIS traça também um horizonte para os próximos anos, em dez indicadores médios dos serviços de água e esgoto. O cenário varia dependendo do estado e também do município. Soluções individuais, como o uso de poços e o depósito de esgoto em fossas, não entram nesse banco de dados.
No entanto, foi elaborado recentemente pelo Ministério das Cidades o Plano Nacional de Saneamento Básico (Plansab), com horizonte para 20 anos, em que está prevista a universalização dos serviços de água na área urbana. Em relação aos serviços de esgotos e de coleta e tratamento de resíduos sólidos, o plano prevê, para 2030, cobertura de mais de 91% na área urbana.

Da Agencia Brasil

sábado, 27 de agosto de 2011

Vasco x Flamengo, o clássico dos milhões

Amanhã acontece mais uma edição do clássico dos milhões que é protagonizado por Vasco e Flamengo, ou seja amanhã o pais vai parar para assistir a mais esse grande jogo, por Chapadinha a expectativa é muito grande, muitos torcedores já estão uniformizado demonstrando o tamanho de sua paixão.
No campeonato Brasileiro de 2011 as duas equipes vem mostrando um ótimo desempenho, o que sem dúvidas torna o clássico desse ano memoravél, o Vasco atual campeão da Copa do brasil e com vaga garantida na libetadores do ano que vem está confiante na vitária, por outro lado o Flamengo é o atual campeão carioca e só tem uma derrota no campeonato brasileiro de 2011, somando a isso tem os astros principais Ronaldinho Gaúcho, pelo flamengo, Dedé, Felipe e Juninho Pernanbucano pelo Vasco, sem dúvidas vai ser um grande jogo, as provocações também já começaram aqui em Chapadinha, além das tradicionais apostas de cervejas.
Clássico dos Milhões é o nome dado ao clássico carioca entre Club de Regatas Vasco da Gama e Clube de Regatas do Flamengo. É um dos clássicos que envolve o maior número de torcedores no Brasil, sendo este, de acordo com pesquisa realizada, o clássico de maior rivalidade do país.
A rivalidade entre os clubes, uma das mais destacadas no futebol brasileiro, começou ainda na década de 1910 nas competições de Remo, mas com a ascensão à primeira divisão do time de futebol do Vasco na década de 1920 o duelo passou a ser mais forte nessa modalidade desportiva.
Ainda no campo do futebol, sendo pesquisa realizada pelo IBOPE em 2004, o confronto é o clássico que reúne o maior número de torcedores no país, com um número estimado em 59 milhões.
A rivalidade também se faz presente em outras modalidades, como no basquete, natação, remo, voleibol e judô. Merecem destaque nesse contexto as finais da Liga Nacional de Basquete de 2000 e da Superliga feminina de vôlei de 2001, tendo o Vasco vencedor no basquete e o Flamengo no vôlei.
Como bom vascaino que sou, estou contando as horas para mas esse jogão de bola, a todos um bom jogo e que a paz reine neste fim de semana, torcam estravazem suas alegrias, mas com bastante responsabilidade, nada de excesso, um bom jogo a todos.

Consumo de energia elétrica aumenta 3,7% no país em julho, diz EPE

da Agência Brasil

O consumo de energia elétrica no Brasil aumentou 3,7% em julho deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado. Segundo a Empresa de Pesquisa Energética (EPE), vinculada ao Ministério de Minas e Energia, o consumo no último mês alcançou 35.069 gigawatts-hora (GWh). No ano, a alta acumulada alcançou 3,6% e, nos últimos 12 meses, 4,5%.

Os principais aumentos no consumo de energia foram observados nos setores residencial e comercial. Nas residências, o crescimento chegou a 7,9% em julho. A alta acumulada no ano foi 4,6% e nos últimos 12 meses, 4,7%. Os resultados podem ser explicados por fatores como o aumento do emprego, da massa salarial e do crédito, que leva à aquisição de mais eletrodomésticos.

No comércio, o crescimento do consumo em julho alcançou 8,3%, o que, segundo a EPE, mostra “o bom desempenho” do setor. Os aumentos acumulados no ano e em 12 meses são, respectivamente, 6% e 5,3%.
Já o setor industrial teve crescimento de apenas 0,3% em julho, 1,7% no ano e 3% nos últimos 12 meses. De acordo com a EPE, a indústria vem reduzindo o ritmo de consumo de energia desde setembro de 2010, acompanhando a desaceleração da produção industrial. A crise econômica mundial é um dos motivos para o crescimento menor do consumo de energia neste ano.

Sorria, a vida é bela

PEDIDO DIFÍCIL... PRATICAMENTE IMPOSSÍVEL.


Um homem caminhava pela praia e tropeçou numa velha lâmpada.
Esfregou-a, um gênio saltou lá de dentro e disse:
- Ok você libertou-me da lâmpada, bla, bla, bla; esqueça aquela historia dos três desejos, você tem direito a um desejo apenas.
Diga o que quer.

O homem pensou por um instante depois disse:
Eu sempre quis ir ao Arquipélago de Fernando de Noronha , mas tenho medo de voar.
De navio costumo ficar enjoado.
Você poderia construir uma ponte até Fernando de Noronha para que eu pudesse ir de carro?
O Gênio riu:
- Impossível; pense na logística do assunto.
São ilhas oceânicas afastadas da costa como é que as colunas de sustentação poderiam chegar ao fundo do atlântico??
Já pensou no trabalho pra fazer o licenciamento ambiental?
Pense em quanto concreto armado, quanto aço, mão-de-obra...
Não, De maneira alguma!
A ponte não pode ser!
Pense em uma coisa mais razoável.

O homem compreendeu e tentou pensar num desejo realmente bom. Finalmente disse:
- Sabe, eu fui casado quatro vezes e quatro vezes me separei.
Minhas esposas sempre disseram que eu não me importava com elas e que sou um insensível. Então meu desejo é poder compreender as mulheres:
Saber como elas se sentem por dentro...
o que elas estão pensando quando não falam com a gente ....
Saber porque é que estão chorando....
Saber o que elas realmente querem quando não dizem nada.....
Saber como fazê-las realmente Felizes!

O Gênio respondeu:
- Vai querer a  ponte, com duas ou com quatro pistas?

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Um Ser Humano, por trás da farda

Hoje é o dia do Soldado e como Policial Militar que sou, quero prestar uma homenagem justa a esta classe de profissionais quase sempre encompreendida: Toda força policial é representada por três coisas em especial: seu emblema, seu distintivo e sua farda. Cada um tem uma forma, cor, símbolo e etc, mas há algo que todas têm em comum: Há um humano por trás desses símbolos.

Humano sim! Sempre que as pessoas pensam em policia, já vislumbram um troglodita com o pé na porta, ou o super-homem que prende três Fernandinho "Beira-mar" com uma mão nas costas. Há quem enxergue um homem gordo, de óculos escuros de mão estendida à espera do “$eu”. Mas a verdade é que poucos enxergam o humano que está por trás da farda. Não somos Super Man, mas também não somos Trogloditas como muitos pensam. O humano que transpira, que sente medo, que na hora do embate pensa nos filhos em casa, que tem dor de barriga, dor de cabeça, fome e sangra quando atingido pelo inimigo.

Esse homem deixa seu lar todos os dias na esperança de regressar, falo de esperança e não de certeza. Trabalhará diuturnamente sem esperar recompensas e reconhecimento. Sabe que não lhe é facultado o direito ao erro e, que o preço a pagar por qualquer um que seja, é alto demais. Tem consciência que protegerá vidas inocentes mesmo com o risco da sua e espera que alguém também cuide das que ele ama, caso ele já não possa.

Aquele que na hora do barata voa, do corre deita, sente o coração batendo forte nas artérias do pescoço e o gosto amargo da responsabilidade na boca, quando mira sua arma na direção de outro humano, que insiste em tentar lhe atingir.

O indivíduo que repete seus valores e juramentos na cabeça quando recolhe os milhares de reais que a policia apreendeu na casa de um traficante lembrado-se de sua função ali, ainda que ciente de que suas contas em casa estão atrasadas e, por isso, aquela viagem de férias não vai rolar.

O policial se cansa, se frustra, se irrita, chora, sofre, tem virose, tem fadiga e ainda por cima, carrega nos ombros a responsabilidade de ser policial, que tem a desvantagem de lidar com crimes horrendos. Cruza com criminosos que os levam a desacreditar na humanidade e a desejar fazer justiça com as próprias mãos. Mas mesmo assim, sabem que são todos igualmente humanos, portanto devem levar os animais para o juiz dar a sentença, mesmo sabendo que muitos não serão condenados.

Para as pessoas comuns a policia é uma farda, um distintivo, um símbolo, não vêm que Ela é feita de pessoas. Para a maioria, o policial é uma “coisa” que não dorme, não come e não tem medo e nem amor por nada. É bem verdade que existem sim, os policiais que não são dignos de vestir a farda, mas não são a maioria e, acima de tudo, não são só policiais, são HUMANOS antes de mais nada.

Quando um humano fardado comete um delito, a noticia no jornal não fala do indivíduo, fala da corporação, como se aquele ser fosse representante de toda uma instituição e suas ações refletissem a hombridade e caráter do órgão.

A pessoa veste a farda, não o contrário! Um símbolo não faz ninguém mais ou menos humano e também não nos torna imortais.

Admiro e respeito o humano que existe por de trás da farda, A formação do verdadeiro policial militar exige um alto nível de envolvimento do indivíduo, é consideravelmente uma entrega. É algo que foge a treinamentos comuns porque testa, não só os limites do corpo, a mente também é preparada para o cumprimento efetivo do dever. Distante da realidade de uma Unidade Militar, o cidadão não faz idéia de como aqueles homens que encontram nas ruas todos os dias chegaram até ali.

Muitos tentam e poucos perseveram nesta profissão. O homem aprende cedo a viver em conjunto, a respeitar o companheiro de farda e a ver no outro, alguém a quem se deve servir e proteger. Aprende que a teoria está um tanto distante da prática, mas que tem o seu valor no final. Aprende a ignorar o próprio corpo, o sol forte e as tempestades porque a fome, a sede e o cansaço se tornam irrelevantes diante da necessidade do outro. Aprende que somente a utilização da técnica não será suficiente para garantir o êxito quando se lida com outras vidas.

Não se deve esquecer nunca que o homem que está sob a farda, seja ela caqui, cinza, azul, camuflada ou negra é, antes de tudo, um ser humano. A sua posição lhe toma o direito de hesitar diante da violência, impulsionando-o a agir rapidamente e evitar que o pior aconteça. Em questão de segundos, uma decisão deve ser tomada para minimizar o sofrimento alheio. Nesse momento as possibilidades entre o sucesso e o fracasso são praticamente iguais e o que determina o resultado final é o senso de justiça que pulsa no coração do homem.

O que faz um homem ser um verdadeiro policial militar? O desejo de garantir os direitos que nos são tomados todos os dias pela violência, pela impunidade e pelo descaso. A vontade de encaminhar à justiça aqueles que matam, roubam, violam e destroem os meus sonhos e os seus. A busca incessante por uma cultura de paz, termo tão banalizado atualmente, mas que representa a base da missão da Polícia Militar. Esse é o meu ideal, e por esse motivo que tenho o maior orgulho em dizer quem sou: Claudecir Satil da Silva - Cabo da Policia Militar do Maranhão. Parabéns a todos os Soldado.......

Parte deste texto foi retirado da Net.



Desemprego fecha julho em 6%, a menor taxa para o mês desde 2002

A taxa de desemprego em julho nas seis principais regiões metropolitanas do país ficou em 6%, atingindo o menor resultado para o mês desde o início da série da Pesquisa Mensal de Emprego (PME), em março de 2002. Em relação a junho (6,2%), o indicador ficou praticamente estável e, na comparação com o mesmo período de 2010 (6,9%), houve queda de 0,9 ponto percentual.
De acordo com dados divulgados hoje (25) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o contingente de trabalhadores desocupados totalizou 1,4 milhão de pessoas e ficou estável na passagem de um mês para o outro. Na comparação com julho do ano passado, no entanto, houve queda de 12,1%, o que significa que havia, em julho de 2011, 200 mil pessoas a menos a procura de trabalho. A população ocupada, que somou 22,5 milhões de trabalhadores, não variou em relação a junho e aumentou 2,1% ante o mesmo período do ano passado, representando um adicional de 456 mil ocupados.
O número de trabalhadores com Carteira de Trabalho assinada (10,9 milhões) registrou alta de 1,2% na comparação com junho e de 7,1% em relação a julho de 2010, com um adicional de 726 mil postos de trabalho formais.
Já o rendimento médio dos trabalhadores fechou julho com alta de 2,2% em relação a junho e atingiu R$ 1.612,90, o valor mais alto para o mês desde 2002. Na comparação com julho de 2010, houve acréscimo de 4,0%.
A PME avalia a situação do mercado de trabalho nas regiões metropolitanas do Rio de Janeiro, de São Paulo, de Belo Horizonte, de Salvador, de Recife e de Porto Alegre.

da Agencia Brasil.

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Brasil pode deixar de ser o país mais católico do mundo em 20 anos, aponta pesquisa da FGV

da Agência Brasil

O Brasil pode deixar de ser o país mais católico do mundo nos próximos 20 anos, de acordo com o Novo Mapa das Religiões, divulgado pela Fundação Getulio Vargas (FGV), no Rio de Janeiro. “É um ritmo forte de transformação. As mudanças que aconteceram em 100 anos agora estão acontecendo em dez [anos]. Se continuar essa perda de 1 ponto de porcentagem [de católicos] por ano, em 20 anos você teria menos de metade da população”, calcula Marcelo Neri, coordenador do levantamento.
A pesquisa mostra que atualmente o percentual de mulheres católicas (71,3%) é menor do que o de homens (75,3%). “Acima de tudo, acho que seja a chamada revolução feminina. Poucas coisas mudaram mais no cotidiano das pessoas do que questões como trabalho e anticoncepção entre as mulheres. O fato é que, embora as mulheres sejam bem mais religiosas do que os homens, elas são menos católicas, talvez por uma questão de afinidade”, disse Neri.
O Novo Mapa das Religiões revela que o sexo feminino representa a maioria entre adeptos de 23 das 25 religiões listadas como as mais populares pela pesquisa, como a católica, a evangélica pentecostal, a evangélica tradicional, a espírita kardecista, a luterana e a umbanda. Segundo o documento, enquanto os homens abandonaram crenças, elas mudaram de religião. “O catolicismo, o candomblé e o budismo são religiões masculinas. Todas as outras são basicamente femininas”, acrescentou o coordenador.
A pesquisa da FGV mostra que o Brasil vai de encontro à tese do sociólogo alemão Max Weber que associa a situação econômica à opção religiosa. “O Brasil talvez seja o grande contraexemplo dessa tese. Os países mais tradicionais europeus estão passando por grande dificuldade econômica e todos os maiores são essencialmente católicos. Já entre o Brics [Brasil, Índia, Rússia, China e África do Sul], o Brasil é o maior [em relação à economia e a adesão ao catolicismo]”, avaliou Marcelo Neri.
Outro dado do levantamento é que a taxa de catolicismo no Nordeste é a mais alta do Brasil (74%) e no Sudeste é a mais baixa (64%). “No entanto, no Nordeste [a taxa] tem crescido em velocidade 2,5 vezes maior do que no Sudeste”, ressaltou o coordenador da pesquisa.
Entre os estados, o Piauí é o que concentra o maior número de católicos. Na outra ponta, está Roraima, com a menor população adepta ao catolicismo e que também apresenta a menor religiosidade.
O catolicismo está mais presente entre os mais ricos, da classe AB (69,07%), e entre os mais pobres, da classe E (72,76%). Entre as outras religiões, os evangélicos tradicionais estão concentrados, principalmente, nas classes AB (8,35%) e C (8,72%), reduzindo a participação nas camadas mais baixas, chegando a representar 4,69% da classe E. Seitas espíritas e espiritualistas representam 5,52% da população na classe AB. Entre as faixas de renda, a classe E foi a que se mostrou como a menos religiosa de todas (7,72% não têm religião).
“Religiões orientais e afro-brasileiras estão mais presentes no topo [considerando a renda]. Quanto mais a renda aumenta, existe mais diversidade religiosa. Nos últimos anos no Brasil, houve uma queda acelerada do catolicismo, mas não em direção aos evangélicos pentecostais, como nas chamadas décadas perdidas, e mais em direção aos evangélicos tradicionais e todas as religiões alternativas ao catolicismo e aos grupos evangélicos”, destacou Marcelo Neri.

REMÉDIO PARA CONTROLAR "PREÇÃO".....

Veríssimo, sempre em grande estilo!!!...

Vamos rir um pouco...

REMÉDIO PARA CONTROLAR "PREÇÃO".....

"Eu tomo um remédio para controlar a pressão.
Cada dia que vou comprar o dito cujo, o preço aumenta.
Controlar a pressão é mole. Quero ver é controlar o preção.
Tô sofrendo de preção alto.
O médico mandou cortar o sal.
Comecei cortando o médico, já que a consulta era salgada demais.
Para piorar, acho que tô ficando meio esquizofrênico. Sério!
Não sei mais o que é real.
Principalmente, quando abro a carteira ou pego extrato no banco.
Não tem mais um Real.
Sem falar na minha esclerose precoce. Comecei a esquecer as coisas: Sabe aquele carro? Esquece! Aquela viagem? Esquece!
Tudo o que o barbudo presidente prometeu? Esquece!
Podem dizer que sou hipocondríaco, mas acho que tô igual ao meu time:
- nas últimas.
Bem, e o que dizer do carioca? Já nem liga mais pra bala perdida...
Entra por um ouvido e sai pelo outro".

Faz diferença...
"A diferença entre o Brasil e a República Checa é que a República Checa tem o governo em Praga
e o Brasil tem essa praga no governo"

Luiz Fernando Verissimo

"Não tem nada pior do que ser hipocondríaco num país que não tem remédio!"



Arrastões mostram falência no atendimento a crianças, dizem especialistas

Arrastões feitos por crianças e adolescentes e fugas recorrentes dos abrigos são indicativos da falência do Poder Público e da sociedade civil em resolver o problema dos menores em situação de rua. A opinião é de dois especialistas ouvidos pela Agência Brasil.
Na última segunda-feira (22), a cidade de São Paulo registrou o segundo arrastão feito por crianças e adolescentes na Vila Mariana – bairro da zona sul. Após invadirem um hotel, sete menores foram apreendidos pela polícia. Alegaram ter menos de 12 anos e foram levados ao Conselho Tutelar, onde passaram a depredar o local.
“Agora que nós vemos que a coisa está degringolada, temos que começar tudo de novo chegando à raiz, chegando à origem: um Estado que traga educação pública. Tudo o que podemos fazer é paliativo. É colocar band aid em tumor”, destaca o desembargador e coordenador da área de Infância e Juventude do Tribunal de Justiça de São Paulo, Antonio Carlos Malheiros.
Na tarde de ontem (23), três dos sete jovens apreendidos fugiram do abrigo para onde tinham sido encaminhados. Dois foram reconhecidos como maiores de 12 anos e levados para a Fundação Casa, antiga Febem.
Segundo o desembargador, o problema não está somente no sistema de apoio aos menores, mas também na falta de estrutura das famílias, que não têm condições de educá-los. “Depois de sair da Fundação Casa, que hoje está funcionando bem, eles vão para onde? Para a mesma família desestruturada, miserável, faminta, de desempregados, de alcoólatras”.
Segundo o presidente da Fundação Criança de São Bernardo do Campo (SP) e vice-presidente da Comissão Nacional da Criança e do Adolescente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ariel de Castro Alves, a situação precária de atendimento às crianças mostra a ausência de programas educacionais, sociais e as falhas das próprias famílias. “É uma corresponsabilidade, que envolve as famílias, o Poder Público e a sociedade como um todo”.
“Faltou acompanhamento das famílias, acompanhamento dos programas de complementação e geração de renda, ou outros programas, de atendimento de alcoolismo, acompanhamento psicológico e social”, destaca.
Ana Paula de Oliveira, do Conselho Tutelar de Vila Marina, diz que os conselhos estão trabalhando sobrecarregados e que falta estrutura. “Hoje, são 37 conselhos tutelares em São Paulo. Há uma previsão de aumentar para 42”. O Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda) recomenda 112 para uma cidade com a população de São Paulo.

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Bebida Alcóolica e Trânsito, uma combinação Mortal

Ontem por volta das 20:00 horas quando estava na minha residencia na Rua Gustavo Brabosa, presenciei uma verdadeira barbarie por parte de alguns motoristas e seus veiculos, onde dava para notar que alguns estavam em visivel estado de embriaguez alcóolica. Fiquei imaginando se realmente a Lei seca surtiu algum efeito na cidade de Chapadinha, pois não há nenhum fim de semana sem acidentes de trânsitos provocados por essa mistura mortal.
 A lei seca pode ser um instrumento eficiente na prevenção de acidentes provocados pelo uso de bebidas alcoólicas, mas, para que ela se traduza em queda nas estatísticas, é preciso que haja fiscalização ostensiva por parte do estado. A nova MP é uma iniciativa louvável, mas seria preciso estender as ações às ruas em nossa cidade, nas quais mais da metade dos acidentes com vítimas são provocados por motoristas bêbados.
O bafômetro, instrumento usado pelas polícias para medir a concentração de álcool no organismo do motorista, é usado timidamente no Brasil – em geral, apenas nas estradas, nos feriados prolongados, e em blitze esporádicas nas ruas. No Brasil, o problema não é a falta de informação sobre os riscos de dirigir alcoolizado, mas a certeza da impunidade ao fazê-lo. Assim como no caso dos criminosos, a impunidade dos infratores no trânsito é uma praga do sistema judiciário brasileiro. No Brasil, são freqüentes os casos de motoristas bêbados que fazem vítimas fatais e recebem, como única pena, a obrigação de fazer trabalhos comunitários ou distribuir cestas básicas a famílias pobres.
Podemos citar algumas medidas para diminuir os índices de acidentes provocados pelo álcool nas cidades brasileiras:
• Realizar blitze sistemáticas nas cidades, principalmente em regiões de vida noturna agitada. A lei brasileira dá ao motorista a prerrogativa de se recusar a fazer o teste do bafômetro, mas o depoimento do policial pode ser usado como prova.
• Responsabilizar criminalmente os donos de bares que forneçam bebida a clientes já visivelmente alcoolizados.
• Mudar o foco das campanhas de conscientização sobre os perigos de dirigir após consumir álcool, eliminando o slogan "Beba com moderação". Não há quantidade segura de álcool para quem está ao volante.
* Comecarmos por nós mesmo o policiamento, isso dentro da nossa propria casa, Chapadinha tem perdido muitos jovens por causa desses acidentes violentos no trânsito, somente no ano de 2011 mais de vinte pessoas já perderam a vida no Trânsito de nossa cidade. E a grande maioria estava sob efeito de bebidas alcóolicas, quem será o próximo, eu, você, algum parente seu? Essa resposta somente DEUS sabe, mas para que não sejamos a proxima vitima vamos fazer a nossa parte.

Papa confirma Rio como sede da próxima Jornada Mundial da Juventude

O papa Bento XVI confirmou, na manhã de ontem (21), em Madri, que o Rio de Janeiro será a sede da próxima Jornada Mundial da Juventude (JMJ), em 2013. O governador Sérgio Cabral e o prefeito Eduardo Paes acompanharam a missa celebrada pelo papa, onde foi feito o anúncio.
De acordo com a página oficial do governo do estado na internet, o papa Bento XVI disse "estar muito feliz em anunciar a cidade do Rio como sede da próxima Jornada Mundial da Juventude (JMJ), em 2013".
Será mais um grande evento que o Rio de Janeiro receberá nos próximos anos. Ainda em 2013, a cidade vai ser uma das sedes da Copa das Confederações, evento preparatório para a Copa do Mundo de 2014, que também será disputada no Rio. Em 2016 é a vez dos Jogos Olímpicos que, pela primeira vez, serão disputados em um país da América do Sul.
Segundo a assessoria de imprensa de Cabral, o governador quer transformar a Jornada Mundial da Juventude em um encontro ecumênico. “Como o nosso Cristo Redentor, estaremos de braços abertos, esperando essa multidão de jovens de todo o mundo em busca de paz, harmonia e solidariedade”, disse Cabral.
Para o prefeito Eduardo Paes, o encontro da juventude com Bento XVI no Rio pode superar a Copa do Mundo em número de participantes. “É um evento de dimensões muito maiores do que se pode imaginar. Acredito que vamos ter na Jornada do Rio mais gente até do que se espera durante a Copa de 2014”, disse.

Dilma: Brasil quer alcançar 1,2 milhão de matrículas em universidades federais até 2014

da Agência Brasil

A presidenta Dilma Rousseff afirmou hoje (22) que o governo tem como meta alcançar 1,2 milhão de matrículas em universidade federais até 2014. Na semana passada, foi anunciada a criação de quatro unidades em estados do Norte e do Nordeste. Com a expansão, a rede federal passa a contar com 63 universidades.
No programa semanal Café com a Presidenta, Dilma avaliou o anúncio como um passo importante na terceira fase do Plano de Expansão da Rede Federal de Educação, formada por universidades federais e também por Institutos Federais de Educação Profissional, Ciência e Tecnologia (Ifets).
“Estamos criando condições para formar engenheiros, médicos, agrônomos, professores, dentistas e técnicos das mais diversas especializações, em municípios dos mais diferentes tamanhos, em todas as regiões”, afirmou a presidenta.
Dilma lembrou que cidades com mais de 50 mil habitantes foram priorizadas na escolha dos locais para as universidades. Segundo ela, tratam-se de microrregiões onde não existiam unidades da rede federal, sobretudo no interior do país. Também foram considerados municípios com elevado percentual de pobreza e com mais de 80 mil habitantes, mas onde as prefeituras têm dificuldade de investir em educação.
“Antes, para realizar o sonho de ter uma profissão, o jovem tinha que sair de casa, viajar para estudar na capital ou nos grandes centros urbanos. Agora, o ensino universitário, o ensino tecnológico está indo onde o cidadão mora ou nas suas vizinhanças”, explicou.
Para a presidenta, um salto na educação brasileira pode contribuir para o enfrentamento da crise econômica que atinge países como os Estados Unidos e os da União Europeia.
“Temos que ter consciência de que estamos vivendo uma situação mundial de muitas turbulências lá fora. Estamos preparados para atravessar esse momento de instabilidade econômica mundial, mas não podemos descuidar. Temos que enfrentar os desafios de hoje sem tirar os olhos do amanhã.”

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Começa hoje o Festival de Verão de Chapadinha

Está tudo pronto para mais uma edição do festival de verão de Chapadinha, que ao longo dos anos tem se tornado uma marca para o nosso municipio e região, o evento tem a organização do Bloco BCC sobre o comando de moraeszinho.
Hoje pela manhã começou a entrega dos abadás, e segundo informação da comição organizadora a venda dos mesmo foi um sucesso total, restando apenas poucas unidades, mas caso o folião não queira ir com abadás há tambe´m postos de vendas de ingressos indivuais, com Zé Napoleão e Chico do CD.
O Festival começa hoje apartir das 22:00 horas com tenda eletrônica e Top Djs, além da Banda Esfregue e Dançe, amanhã as atrações serão a banda Suwingão e Tribo de Jah com um tributo a Bob Marley, aliás a banda Tribo de Jah tem uma carreira internacional ja tendo feito apresentações em vários paises, e estara pela primeira vez na cidade de Chapadinha.
A estrutura do BCC sem dúvida é uma das melhores casas de show de Chapadinha, que encontra-se pronta para o evento com camarotes, barracas de lanches, estrutura de bar, e um enorme esquema de segurança, hoje apartir das 22:00 horas começa mais um Festival de Verão, sem dúvidas uma garantiu de grande sucesso, te vejo lá.

escute tudo até o final antes de tirar as suas conclusões!

- Joãozinho estava brincando no playground da escola, qdo viu o carro  do seu pai passando em direção ao mato atrás da escola... ele Seguiu o carro e viu seu pai e tia Jane, se abraçando apaixonadamente!!!

Joãzinho achou isso tão excitante, que não se conteve e correu pra casa para contar pra sua mãe o que tinha visto ...

- Mamãe, mamãe, eu estava no playground da escola, qdo vi o carro do  papai indo pro mato com a tia Jane dentro... Eu fui atrás pra ver e  ele tava dando o maior beijo na tia Jane....depois ele a ajudou a  tirar sua blusa... aí a tia Jane ajudou o papai a tirar suas calças e  depois a tia Jane....'

Nesse ponto a Mamãe o interrompeu e disse:
- Joãozinho, essa é uma história tão interessante, que tal você guardar o resto dela pra hora do jantar?....
Eu quero ver a cara do seu pai, qdo você contar tudo isso hoje à noite!'
Na hora do jantar, a Mamãe pediu pro Joãozinho pra contar sua  história... Joãozinho começou a sua história:

'Eu tava brincando no playground da escola, quando vi o carro do papai  indo pro mato com a tia Jane dentro... aí, fui correndo atrás pra ver  e ele tava dando o maior beijo na tia Jane...aí ele a ajudou a tirar  sua blusa... aí a tia Jane ajudou o papai a tirar suas calcas e depois  a tia Jane e o Papai começaram a fazer as mesmas coisas que a Mamãe e  o tio Bill faziam, quando o Papai estava no exército ...'

A mamãe desmaiou!

Conselho: Dê atenção a quem estiver falando com vc e escute tudo até o  final, antes de tirar sua próprias Conclusões!

Escolas brasileiras enfrentam desafio de garantir ensino religioso sem privilegiar crenças

da Agencia Brasil
Além das operações matemáticas, das regras ortográficas e dos fatos históricos, os princípios e conceitos das principais religiões também devem ser discutidos em sala de aula. A Constituição Federal brasileira determina que a oferta do ensino religioso deve ser obrigatória nas escolas da rede pública de ensino fundamental, com matrícula facultativa – ou seja, cabe aos pais decidir se os filhos vão frequentar as aulas.
Pesquisas recentes e ações na Justiça questionam a inclusão da religião nas escolas, já que, desde a Constituição Federal de 1890,o Brasil é um país laico, ou seja, a população é livre para ter diferentes credos, mas as religiões devem estar afastadas do ordenamento oficial do Estado.
Apesar da obrigatoriedade, ainda não há uma diretriz curricular para todo o país que estabeleça o conteúdo a ser ensinado, de maneira a garantir uma abordagem plural sem caráter doutrinário. Outro problema é a falta de critérios nacionais para contratação de professores de religião. Hoje, o país conta com 425 mil docentes, formados em diversas áreas.
O ensino religioso está presente no Brasil desde o período colonial, com a chegada dos padres jesuítas de Portugal para catequizar os índios.
Atualmente, de acordo com a Constituição, a disciplina deve fazer parte da grade horária regular das escolas públicas de ensino fundamental. Em 1996, a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) definiu que as unidades federativas são responsáveis por organizar a oferta, desde que seja observado o respeito à diversidade religiosa e proibida qualquer forma de proselitismo ou doutrinação.
“Alguns historiadores que tratam da participação da religião na vida pública mostram que o ensino religioso foi uma concessão à laicidade à época da Constituinte. Havia uma falsa presunção de que religião era importante para a formação do caráter, da vida e dos indivíduos participativos e bons. Essa é uma presunção que discrimina grupos que não professem nenhuma religião. Isso foi uma concessão à pressão dos grupos religiosos”, avalia a socióloga Debora Diniz, da Universidade de Brasília (UnB).
Debora é autora, junto com as pesquisadoras Tatiana Lionço e Vanessa Carrião, do livro Laicidade e Ensino Religioso, publicado no último semestre. O estudo investigou como o ensino religioso se configura no país e se as escolas garantem, na prática, espaços semelhantes para todos os credos, como preconiza a LDB. A conclusão é que não há igualdade de representação religiosa nas salas de aula. “Ele é um ensino cristão, majoritariamente católico, e não há igualdade de representação religiosa com outros grupos, principalmente os minoritários”, destaca Debora.
Há mais de uma década acompanhando essa discussão, o Fórum Nacional Permanente do Ensino Religioso (Fonaper) reconhece que há muitos desafios para garantir a pluralidade. Mas defende que o conteúdo é importante para a formação dos alunos. “Nós vislumbramos, desde a LDB, que o ensino religioso poderia assumir uma identidade bastante pedagógica, que fosse de fato uma disciplina como qualquer outra e que a escola pudesse contribuir para o conhecimento da diversidade religiosa de modo científico. O professor, independentemente do seu credo, estaria ajudando os alunos a conhecer o papel da religião na sociedade e a melhorar o relacionamento com as diferenças”, aponta o coordenador do Fonaper, Elcio Cecchetti.
No Rio de Janeiro, por exemplo, o ensino religioso é oferecido apenas nas escolas estaduais. Nas unidades municipais, ainda não foi implantado, mas há um projeto de lei em tramitação na Câmara dos Vereadores da capital fluminense que prevê a oferta nas cerca de mil escolas da rede, com frequência facultativa. A recepcionista Jussara Figueiredo Bezerra tem dois filhos que estudam em uma escola municipal da zona sul do Rio de Janeiro e acompanha com certo receio a discussão. Ela é evangélica e acredita que esses valores devem ser transmitidos em casa, pela família.
“Quem são os professores que vão dar as aulas de religião? Será que eles serão imparciais? Além disso, com tantas dificuldades e carências que o ensino público já enfrenta, por que gastar dinheiro com isso? Esses recursos poderiam ser usados de outra forma, para melhorar a estrutura já existente nas escolas. Quem quiser aprender mais sobre uma religião deve procurar uma igreja ou uma instituição religiosa”, opina.
Para quem lida na ponta com os delicados limites dessa questão, torna-se um desafio garantir um ensino religioso que contemple as diferentes experiências e crenças encontradas em uma sala de aula. “Nós preferiríamos que a oferta do ensino religioso não fosse obrigatória porque a escola é laica e deve respeitar todas as religiões. O que a gente quer é que os dirigentes possam utilizar essas aulas com um proveito muito melhor do que a doutrinação, abordando o respeito aos direitos humanos e à diversidade e a tolerância, conceitos que permeiam todas as religiões”, defende a presidenta da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), Cleuza Repulho.
Atualmente, duas ações diretas de inconstitucionalidade (Adin) questionam a oferta do ensino religioso no formato atual e aguardam julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF). Uma delas foi proposta pela Procuradoria-Geral da República (PGR) e questiona o acordo firmado em 2009 entre o governo brasileiro e o Vaticano. O Artigo 11 desse documento, que foi aprovado pelo Congresso Nacional, determina que “o ensino religioso, católico e de outras confissões religiosas, de matrícula facultativa, constitui disciplina dos horários normais das escolas públicas de ensino fundamental”. Ao pautar o ensino religioso por doutrinas ligadas a igrejas, o acordo, na avaliação da PGR, afronta o princípio da laicidade.
A Agência Brasil publica hoje uma série de matérias sobre o espaço que a religião ocupa nas escolas brasileiras e a dificuldade de muitas redes de ensino de garantir uma representação plural que respeite a diversidade de crenças dos alunos.

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Programa quer levar testes rápidos de HIV, sífilis e hepatite a aldeias de todo o país

Da BBC Brasil

O governo brasileiro lança este mês um programa para fazer testes rápidos de HIV, sífilis e hepatites B e C em todas as aldeias indígenas do país. O objetivo é examinar, até o fim de 2012, todos os índios com mais de 10 anos e encaminhar para o tratamento os que obtiverem resultados positivos.
Segundo o secretário especial de Saúde Indígena do Ministério da Saúde, Antônio Alves de Souza, resultados de um projeto piloto do programa, com a participação de 46 mil indígenas do Amazonas e de Roraima, indicaram níveis "preocupantes" de HIV e sífilis.
A prevalência de sífilis na população indígena avaliada foi 1,43%, inferior à média do resto do país (2,1%). No caso do HIV, foi 0,1%, ante 0,6% da média nacional.
Para Souza, ainda que inferiores aos índices nacionais, ambos os dados exigem atenção por demonstrar que há transmissão dos vírus mesmo em populações isoladas, o que indica que seus integrantes mantêm contato com pessoas contagiadas fora das aldeias.
Em gestantes indígenas, a prevalência de sífilis foi 1,03%, mais baixa do que as taxas encontradas em grávidas nos centros urbanos (1,6%). O índice de HIV em indígenas gestantes foi 0,08%.
De acordo com o secretário, os kits para o teste garantem, com poucas gotas de sangue, a obtenção dos resultados em até 30 minutos e podem ser transportados mesmo em condições de calor e umidade, fator essencial para que sejam levados às aldeias mais remotas.
Antes, os indígenas precisavam ser removidos para as áreas urbanas para a coleta de sangue e posterior análise dos resultados, o que podia levar até 15 dias.
Os testes começam a ser aplicados em aldeias de Minas Gerais, do Espírito Santo e de Mato Grosso nos dias 27 e 28 de agosto; nos meses seguintes, devem chegar aos demais estados.
Souza explica que os aplicadores estão sendo treinados por cerca de 70 técnicos que participaram de um seminário em Brasília no mês passado.
Em caso de resultados positivos para sífilis, a equipe dará início imediato ao tratamento; já nos casos de HIV e hepatite, os indígenas serão convidados a fazer testes de confirmação no município mais próximo. Se a doença for comprovada, serão tratados em unidades do Sistema Único de Saúde (SUS).
O secretário disse ainda que o programa também visa a informar os indígenas sobre como as doenças se transmitem e os modos de prevenção. Ele destacou que, para isso, os agentes terão de levar em conta as características culturais locais.
De acordo com Souza, há culturas indígenas que não aceitam o uso de preservativos e que o ministério terá de trabalhar para que eles usem pelo menos quando se deslocarem à área urbana, em caso de contato com pessoas de fora.
Ele disse que, em certos grupos, as mulheres costumam ser mais resistentes ao uso da camisinha, questão que também deve ser abordada nas campanhas educativas.
A médica e idealizadora do programa, Adele Benzaken, da Fundação Alfredo da Matta, disse que, no projeto piloto, quase 100% do público-alvo concordou em fazer o teste.
Ela destacou que a acolhida aos tratamentos indicados para sífilis tem sido igualmente positiva. O problema maior, segundo a médica, é convencê-los a se tratar em caso de HIV, pois ela diz que os indígenas costumam resistir à ideia de que devem passar o resto da vida tomando medicamentos para combater uma doença que, em muitos casos, demora a provocar sintomas.
Outra complicação é removê-lo para o município mais próximo. Adele disse que já viu índios se negarem a sair da aldeia para fazer o tratamento, por preferirem fazer o tratamento com o pajé.
A transferência para a cidade, segundo a médica, torna-se ainda mais improvável quando esses indígenas já tiveram decepções com o sistema de saúde.



O Dever de Educar

Em se tratando do dever do Estado e da Família com educação, à luz da Lei de Diretrizes e Bases da educação Nacional (LDB), entenda-se:
A educação, dever da família e do Estado, inspirada nos princípios de liberdade e nos ideais de solidariedade humana, tem por finalidade o pleno desenvolvimento do educando, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho (art 2º, LDB)

A educação, diz a LDB (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional), abrange os processos formativos que se desenvolvem na vida familiar, na convivência humana, no trabalho, nas instituições de ensino e pesquisa, nos movimentos sociais e organizações da sociedade civil e nas manifestações culturais (Caput, artigo 1º, LDB ou Lei 9.394/96).

O texto do artigo 205, da CONSTITUIÇÃO FEDERAL prescreve o seguinte: A educação, direito de todos e dever do Estado e da família, será promovida e incentivada com a colaboração da sociedade, visando ao pleno desenvolvimento da pessoa, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho.

Cidadão e Cidadania - O que é ser Cidadão
…Ser cidadão é ser pessoa, é ter direitos e deveres, é assumir as suas liberdades e responsabilidades no seio de uma comunidade democrática, justa, equitativa, solidária e intercultural.

É claro que ser patriota não é somente desfilar no dia 7 de setembro, mas sim realizar e participar de atividades em prol da humanidade. Por exemplo, todo mundo tem uma data de aniversário, e no caso do território brasileiro a data é dia 7 de setembro. Portanto, é neste dia que podemos comemorar todas as atividades desenvolvidas durante o ano, como a participação em ONG´s, trabalhos voluntários e na melhoria da educação do nosso município ou de um bairro. “Participar do desfile é importante, é bonito, mostra que você tem orgulho de participar dessa grande família. Lembre-se que as atividades do cotidiano são as que contam, são as que realmente fazem de cada um de nós brasileiros preocupados com o nosso território.



PARTICIPE ! DESFILE ! HOMENAGEIE SUA COMUNIDADE, SUA PÁTRIA !
Artigo escrito por: ANDRÉA ALMEIDA SERRA - Administradora da EASCOLA AMÉLIA ALMEIDA - Chapadinha /

Lobão diz que modicidade tarifária vai garantir energia mais barata

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, disse hoje (17) que mesmo se o governo decidir renovar as concessões do setor elétrico, que vencem a partir de 2015, haverá regras que obriguem as atuais concessionárias a oferecer energia mais barata para os consumidores. Lobão esteve reunido com senadores da Comissão de Infraestrutura do Senado e prometeu comparecer ao Congresso Nacional para debater o assunto na próxima quinta-feira (25).
Segundo o ministro, a decisão da presidenta Dilma Rousseff sobre a renovação das concessões deve ser divulgada dentro de um ou dois meses. “Nós defendemos o princípio da modicidade tarifária, e ele será atendido de um modo ou de outro, na mesma dimensão. A lei vai estabelecer as regras para a prorrogação das concessões e a modicidade tarifária é o princípio básico”.
A partir de 2015 começam a vencer as concessões de diversas usinas hidrelétricas, termelétricas, linhas de transmissão e distribuidoras de energia. O governo pode alterar a legislação atual e renovar as concessões ou fazer novos leilões, como prevê a Lei 9.074, de 1995, que determina que, depois do término da concessão, os empreendimentos são devolvidos para a União.
Para o ministro, não há urgência para debater a renovação das concessões, já que existe uma legislação que trata do assunto. “Essas concessões vão começar a vencer no próximo governo e nós estamos no início deste governo, portanto não há tanta pressa assim. Tem uma lei regulando a matéria, se não fizermos nada, já tem uma disposição legal”.
A reunião da próxima semana vai tratar também da distribuição dos royalties do petróleo da camada pré-sal. O encontro será promovido pelas comissões de Infraestrutura e de Assuntos Econômicos do Senado.
Segundo dados da Agência Nacional de Energia Elétrica, 114 usinas hidrelétricas terão suas licenças expiradas a partir de 2015, sendo que 67 só no primeiro ano. Os empreendimentos somam 30,7 mil megawatts de potência. Além das hidrelétricas, oito usinas térmicas terão suas concessões vencidas a partir de 2015, somando mais de 2 mil megawatts de potência.
Das 63 concessionárias de distribuição de energia elétrica do país, 41 terão suas licenças vencendo entre 2015 e 2016. Nove concessões de serviço público de transmissão de energia, que somam cerca de 70 mil quilômetros, vencem em 2015 e não podem mais ser prorrogadas.



segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Começa nesta semana coleta de assinaturas para proposta popular de reforma política


Cerca de 60 entidades estão empenhadas no preparo de uma Proposta de Lei de Iniciativa Popular para fazer a reforma política no Brasil. Nesta semana, as assinaturas começarão a ser coletadas, aproveitando a Marcha das Margaridas que espera reunir em Brasília, na próxima quarta-feira (17), cerca de 70 mil mulheres.
Para ser apresentada à Câmara dos Deputados e tramitar como projeto de lei no Congresso, mais de 1 milhão de assinaturas são necessárias. A Constituição Federal exige que a iniciativa popular seja subscrita por, no mínimo, 1% do eleitorado nacional e que essas assinaturas sejam distribuídas pelo menos por cinco estados. Além disso, a proposta tem que contar com o apoio de 0,3% dos eleitores de cada um desses estados.
As entidades estão reunidas no Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral. A proposta traz conceitos que vão desde a simplificação do trâmite das iniciativas populares, até o polêmico financiamento público exclusivo de campanha, uma forma considerada fundamental pelas entidades para combater a corrupção, os chamados "caixa 2" e os abusos de poder econômico durante as eleições.
Outra novidade proposta na plataforma é a criação do veto popular, que seria usado quando a população discordar de uma lei aprovada pelo Parlamento. Nesse caso, o veto popular terá que seguir o mesmo rito da coleta de assinaturas da iniciativa popular, previsto atualmente pela Constituição Federal, e depois a proposta terá que ser submetida a um referendo.
A plataforma também propõe mudanças nos partidos políticos, que devem continuar como entidades de direito privado, mas de interesse público. Além disso, as entidades querem o fim das votações secretas no Poder Legislativo, o fim da imunidade parlamentar para casos que não representam respeito à opinião e ao direito de  fazer denúncias, além do fim do foro privilegiado, exceto nos casos em que a apuração se refere ao estrito exercício do mandato ou do cargo.
Outro ponto que deve ser examinado para evitar o troca-troca de legenda por parte dos políticos é o que trata da fidelidade partidária. A plataforma propõe que “os cargos eletivos não sejam propriedade particular de cada eleito”. A troca de partido, sem motivação programática, de acordo com a proposta, deve repercutir com a “perda automática do mandato”.
Além disso, a iniciativa quer aumentar o prazo de filiação partidária para quatro anos, no caso de político que tenha perdido o mandato por infidelidade partidária. Atualmente, o prazo de um ano antes do pleito serve para todos.
No caso das eleições proporcionais, a proposta defende o voto em lista partidária com alternância de sexo como forma de combater o personalismo, fortalecer e democratizar os partidos. Para as eleições majoritárias, a adoção das listas é vetada pela proposta. As entidades defendem como forma mais democrática a manutenção das prévias partidárias.

Receita paga hoje restituições do terceiro lote do IR 2011


A Receita Federal libera hoje (15) o dinheiro do terceiro lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2011. Estarão liberadas também restituições de lotes residuais das declarações  de 2010, 2009 e 2008.  Para saber se está nos lotes, o contribuinte deve consultar a  página da Receita (www.receita.fazenda.gov.br) na internet ou o ReceitaFone (146).
Do exercício de 2011, serão creditadas restituições para um total de 1.772.511 contribuintes, com correção de 3,92%. Do lote residual do exercício de 2010, serão creditadas restituições para 30.521 contribuintes, com correção de 14,07%, e do de 2009, para 19.122, com correção de 22,53%. Do lote de 2008, as restituições serão pagas a 5.794 contribuintes e corrigidas em 34,60%.
A Receita informa que caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá ir a qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800 729 001 (demais localidades) e 0800 729 0088 (deficientes auditivos), para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.
A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la pela internet, por meio do Formulário Eletrônico - Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Declaração IRPF.
Estão previstos ainda quatro lotes regulares até o fim do ano. O último deverá ter a consulta liberada na segunda semana de dezembro. Em 2011, a Receita Federal registrou a entrega de aproximadamente 24,37 milhões de declarações do IRPF, ano-base 2010.

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Um tiro no Pé

Nos últimos dias tenho acompanhado atentamente a situação da saúde pública de nosso municipio que está quase na sucumbindo, e para a minha surpresa, além dos Blog Sala Vipp, Chapadinha Online, A prosa e Chapadinha Anuncios, relatarem o que está acontecendo, alguns blogs governistas também estão sendo solidário com esta situação caotica que é a saúde de nosso municipio.
Dai fica a pergunta, isso não seria um TIRO NO PÉ? Na Camâra municipal de Chapadinha parece que alguns de nossos parlamentares também atentaram para isso, pois já se ver alguns deles mesmo sendo da base governista tratando do assunto como sério, aliás coisa de se estranhar, o que siginifica que a situação está de mau a pior.
Não é de hoje que a saude de Chapadinha pede socorro, os equipamentos estão sucateados, as ambulancias no DEUS nos acuda, falta quase tudo, equipamentos, medicamentos, responsabilidade por parte de alguns funcionários, mas tem que se retratar aqueles profissionais que brilhantemente desempenham o seu papel, mesmo diante de tanta precariedade, a esses profissioanis o meu respeito e a minha admiração, pois mesmo sem condições fazem a sua parte.
Gostaria de saber até quando seremos refem dessa falta de compromisso dos gestores da saude de Chapadinha, sei que mensamelmente vem o dinheiro para a nossa saude, o que está sendo feito com esse dinheiro, para onde está sendo destinado essa verba, pra saude eu sei que não é, senhores vereadores o papel de voces é nos representar, por isso façam a sua parte, mesmo que isso signifique dar "um tiro no pé", contrariando o governo, masrepresentando a nossa população que encontra a mercê dessa situação, a nossa saúde pede socorro. 

OAB pede que Congresso aprove projeto da Comissão da Verdade

da Agência Brasil


O presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ophir Cavalcante, pediu hoje (11) que o Congresso Nacional vote e aprove o projeto de lei que cria a Comissão da Verdade. A matéria está desde o ano passado na Câmara dos Deputados e precisa passar pelo Senado.

Para o presidente da OAB, a comissão precisa ser criada para que se dê transparência ao que aconteceu durante a ditadura militar. “É necessário que os parlamentares assumam seu papel e façam aquilo que tem de ser feito: que levem a discussão ao plenário e que debatam com a sociedade brasileira. Chega de colocar essa discussão para debaixo do tapete", disse ele.

Na opinião de Ophir Cavalcante, criar a Comissão da Verdade é uma forma de conhecer a história do Brasil e revelar ao mundo o que aconteceu no país nos "porões da ditadura". Para ele, os segmentos das Forças Armadas contrários a isso "estão na contramão da história".

A ministra Maria do Rosário, da Secretaria de Direitos Humanos, Maria do Rosário, que também participou do ato em defesa da Comissão da Verdade, disse que o Parlamento está compreendendo que este é uma tema da democracia e que todos os partidos representados no Congresso querem votar a matéria.

“Temos uma situação equacionada hoje no governo. A posição do governo é pela votação do projeto, e tanto no diálogo com os parlamentares do governo quanto com os líderes de oposição, não temos mais dificuldade na tramitação [do projeto].”

Perguntada sobre o que está paralisando a votação da matéria na Câmara dos Deputados, a ministra disse que não há resistência por parte dos parlamentares e que há propostas que precisam ser votadas antes do projeto da Comissão da Verdade. “Morosidade na atuação parlamentar ocorre, mas não há situação de resistência nas instituições”, admitiu Maria do Rosário.

O Projeto de Lei 7.376/10 cria a Comissão Nacional da Verdade, que terá como objetivo esclarecer casos de violação de direitos humanos ocorridos entre 1946 e 1988, e autoriza o acesso aos arquivos da ditadura militar (1964-1985).

Governo lança programa para inserir 100 mil mulheres no mercado de trabalho

O governo lançou hoje (11) o programa Mulheres Mil que pretende formar e inserir 100 mil mulheres no mercado de trabalho até 2014. O Mulheres Mil, que faz parte do Plano Brasil sem Miséria, quer dar acesso à educação profissional a mulheres em situação de vulnerabilidade social, como mães solteiras, ou chefes de família, que não tiveram oportunidade de estudar e nem de ser inseridas no mercado formal. O programa é executado em parceria pelos ministérios da Educação e do Desenvolvimento Social e Combate à Fome e pelas secretarias de Direitos Humanos e de Políticas para as Mulheres.

O Mulheres Mil foi implantado como projeto piloto em 2007, em parceria com universidades canadenses. Por intermédio de 13 institutos federais de educação, ciência e tecnologia, o projeto atendeu mil mulheres em 13 estados do Norte e Nordeste. Agora, será efetivado em todo o país e, ainda neste ano, 100 campi da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica deverão beneficiar 10 mil mulheres com a aplicação do programa.

O ministro da Educação, Fernando Haddad, disse que o programa Mulheres Mil é uma ação do ministério que pretende cumprir com o desafio proposto pelo atual governo, o da erradicação da miséria. “Todas as secretarias do Ministério da Educação estão mobilizadas com o Plano Brasil sem Miséria”.

Presente no lançamento do programa, a secretária de Políticas Públicas para as Mulheres, Iriny Lopes, ressaltou a importância da capacitação. “O plano de enfrentamento à miséria identificou 16,2 milhões de pessoas que precisavam de um programa voltado para elas. A maioria dessas pessoas é composta por mulheres, como chefes de família, negras e aquelas em situação de maior vulnerabilidade. Então, o Mulheres Mil dará capacitação para que elas possam entrar no mercado de trabalho”.

A ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, explicou a importância do programa. “No Plano Brasil sem Miséria, nós não queremos só levar renda para as famílias, mas também garantir inclusão produtiva e acesso a serviços públicos. O Mulheres Mil vai ser estratégico, qualificando e formando 100 mil mulheres, melhorando a condição de conhecimento e de qualificação profissional delas, para que assim, consigam ter acesso a vagas de emprego”.

Também esteve presente no evento Ilda Maria Vital de Oliveira, uma das alunas formadas pelo projeto piloto do programa. “Graças ao projeto, eu tive a oportunidade de ter uma profissão e começar a trabalhar. Em 2008, quando comecei o curso, estava desempregada. Depois do curso de camareira, consegui emprego em um hotel em Fortaleza e estou lá há dois anos. O curso mudou a minha vida e a minha família”, contou Ilda.



quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Consumo de frutas no Brasil está abaixo do recomendado pela Organização Mundial da Saúde, mostra pesquisa

Pesquisa da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) sobre o consumo de frutas e hortaliças mostrou que apenas 18,2% dos brasileiros ingerem a quantidade de frutas recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que é 400 gramas por dia. Outro dado da pesquisa é que os brasileiros gastam, em média, 6,2% de sua renda com a aquisição de frutas, legumes e verduras.

O hábito de consumir frutas é pequeno, mesmo o Brasil sendo o terceiro maior produtor de frutas do mundo, avalia o estudo da CNA. A entidade levou quatro meses ouvindo 1.420 pessoas responsáveis pela alimentação de suas famílias, com diferentes níveis de escolaridade, de todas as classes sociais e regiões do país.

O presidente da Comissão Nacional de Fruticultura da CNA, Carlos Prado, considera que a pesquisa ajudará nas próximas ações da entidade e, a partir dela, será possível conversar com outras instituições sobre o problema da alimentação.

“Atribuo esses resultados, primeiro, à alimentação brasileira, que ainda não é muito saudável. Segundo, ao volume de produção do Brasil, que ainda tem que crescer e, com isso, conseguir uma redução de custo para que todos comam mais”, avaliou Prado.
A presidente da CNA, a senadora Kátia Abreu, acredita que é necessário fazer uma pesada campanha de marketing para aumentar o consumo de frutas. “Nós estamos constatando, por meio dos números da saúde, que os problemas nutricionais têm trazido uma carga muito pesada para o SUS [Sistema Único de Saúde]. O aumento do consumo de frutas serviria não só para o privilégio das questões econômicas, mas, principalmente, para as questões da saúde”, disse.

MINHA TERRA TEM PALMEIRAS, SABIÁS E MUITA POBREZA

No exílio, Gonçalves Dias, com saudade manifestou apreço à sua terra querida: “Minha terra tem palmeiras, Onde canta o sabiá(...)”. Se ele vivesse hoje, certamente diria com tristeza diante de um Maranhão atrasado: minha terra tem palmeiras, mas não cantam mais os sabiás.

•Que tristeza ver a considerada Atenas Brasileira, conspurcada de políticos oportunistas, mal-intencionados, de interesses solertes, só querendo lavar vantagem em tudo, tendo como comandante-mor o “moribundo” de fogo, José Sarney, montado no trono com a sua família e seus apaniguados, administrando fortunas forjada à custa de vida política duvidosa, enquanto temos um Maranhão quebrado, delapidado, saqueado, corrupto, em pleno século XXI amarga a desventura de continuar sendo considerado apenas um índice negativo e ilustrativo das estatísticas sociais do subdesenvolvimento e da pobreza.
 
Por; Herberth Lago do Blog a Prosa

Atenção para a nota de Desaparecimento em Chapadinha

Muitos dos vereadores de Chapadinha estão desaparecidos das sessões da Câmara Legislativa. Desde que o mês de agosto iniciou nunca foi possível realizar sequer uma sessão por falta de quórum, ou melhor, por falta da presença da maioria dos parlamentares. Na última sessão de segunda-feira (08) apareceram apenas.

Já são praticamente 3 sessões sem os digníssimos representante do povo. Levando em conta a dura tarefa incansável na defesa dos menos favorecidos, os vereadores de Chapadinha, merecem prolongadas férias. A saúde aqui é digna de “HONRA AO MÉRITO”, visto que a secretária recebeu sua medalha.

Os professores chapadinhenses são tratados com toda dignidade pelos ilustríssimos, não como formadores de MARGINAIS ou palhaços AMOTINADOS. As escolas da Zona rural estão abarrotadas de merenda escolar, não como, um certo povoado, MALHADA DO MEIO, que não sei de qual município pertence, que nunca neste ano viu merenda, apesar dessa cidade receber até o momento quase meio milhão de repasse do FNDE para cuidarem da alimentação dos pequeninos... AINDA BEM QUE ISSO NÃO ACONTECE POR AQUI !!

A alegria do povo de nossa cidade é tanto que festas e mais festas são realizadas para comemorar o contentamento das pessoas pela excelente administração da nossa gestora. Como forma de agradecimento o povo permite que o governo tire do nosso erário quase um milhão para FARRIAR ao som do “SACODE A CORRUPÇÃO, MAS NÃO CAI”.

Os cofres da prefeitura está em superávit depois que educadamente os professores deram de presente quase 2 milhões de Sobras de FUNDEB pra esse elogiável governo. A prefeita se quiser pode até comprar uma HILUX à vista para dar de presente à sua mãe. Afinal de conta, ser mãe de uma filha que valoriza a saúde pública de seu povo, é mais do que merecido esse presentinho.

Portanto esta nota de DESAPARECIMENTO dos vereadores não é motivo de preocupação para a polícia federal. Simplesmente escrevi esta nota porque já é a terceira vez que vou à Câmara para matar a saudade de ver meus representantes atuarem como sempre fizeram.

Mas por favor, se alguém encontrá-los em alguma praia de um PARAISO FISCAL, não incomodem pelo amor de Deus !!

Enedilso