b

b

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Banda Calcinha Preta não se apresenta na cidade de Vargem Grande

Depois de uma grande expectativa criada para a apresentação a Banda de forró Calcinha Preta nos festejos de Vargem Grande, a banda não realizou a sua apresentação conforme foi amplamente divulgado, o show estava marcado para ontem (30) de agosto na casa de show Aliança, em comemoração aos festejos de são Raimundo Nonato.

Muitos Chapadinhenses já haviam adquiridos os ingressos, e foram surpreendidos com a noticia de que a banda não mais iria se apresentar, olhando o site que divulga a agenda da banda lá está escrito o seguinte: Dia 29/08 Tumtum/MA, Dia 31 São Raimundo Nonato/PI, ou seja no site da Agenda Oficial da Banda não consta a cidade de Vargem - MA, o que leva a crer que que alguém usou de má fé com o público e com a banda.

Tabela extraida do site da Agenda de Shows da banda Calcinha Preta:http://bandacalcinhapreta.com.br/webapps/agendashows/frontend/
 24
0:00 - 0:00
ALTOS/PI
25
0:00 - 0:00
GARANHUNS/PE
0:00 - 0:00
ARAPIRACA/AL
26
27
28
0:00 - 0:00
Capela/SE
29
0:00 - 0:00
TUNTUM/MA
30
31
0:00 - 0:00
SÃO RAIMUNDO NONATO/PI
 

Governo federal vai criar 63 mil vagas para cargos públicos em 2013

O governo federal prevê a criação de 63 mil vagas para cargos públicos em 2013. Os novos postos de trabalho estão previstos no Projeito de Lei Orçamentária Anual (Ploa), que foi enviado hoje (30) ao Congresso Nacional.

Segundo o Ministério do Planejamento, deste total, a previsão é que 61.682 vagas sejam preenchidas já no ano que vem. As vagas devem ser preenchidas por concurso público. No entanto, as contratações devem obedecer às necessidades de contratação dos diversos órgãos e entidades públicas.

Das vagas previstas, 53 mil serão para preencher cargos no Executivo. A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, informou que cerca de 21 mil novas vagas serão para a área da Educação. “São cargos fundamentais para expansão da rede de universidades e alcançar a meta de institutos técnicos no país”, disse.

Os novos concursados vão onerar em R$ 3 bilhões os gastos do governo com folha de pagamento em 2013. A despesa será adicionada aos R$ 11,3 bilhões concedidos de reajuste salarial a cerca de 1,7 milhões de servidores, ativos e inativos, do Executivo. Os três poderes totalizam cerca de 1,9 milhões de servidores. A remuneração está atualmente em R$ 198,9 bilhões ao ano.

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Menores desafiam as leis no trânsito de Chapadinha

Foto ilustrativa
Na ultima terca feira dia 28, fora apreendida por policiais militares da 4ª CI, uma moto Yamaha modelo XTZ de cor azul sem placas, sem farois, sem sinaleiras, ou seja, totalmente depenada, a mesma estava sendo conduzida por um menor de nome M.L. que estava levantando o pneu da moto na avenida presidente vargas, o citado menor e de uma tradicional familia de Chapadinha, cujo um de seus parentes e Vereador desta cidade.

A mesma foi apresentada na delegacia de Policia Civil de Chapadinha, para a tomadas das providencias cabiveis, e o surpreendente é que o menor que conduzia a moto citada já havia jogado uma pedra na viatura da Guarda Civil de Chapadinha, vindo a quebrar o vidro de um dos lados da viatura. E que segundo o Cmt da Guarda o Sr Costa trata-se do mesmo jovem.

Tenho acompanhado o trabalho realizado pelas instituições responsaveis pelo trânsito de Chapadinha no sentido de coibir tais eventos, e sei que esses profissionais fazem o seu papel, mas é comum ver garotos fazendo manobras ousadas nas ruas de nossa cidade, tais como: Levantar Pneu, dar cavalos de pau, sairem queimando pneus, dentre outras, as forças policiais estão fazendo a sua parte, mas cabe aos pais deste jovens também fazerem o seu papel.

Todas as semanas é comum um monte de acidentes com motos por estas bandas, onde pessoas inocentes são vitimas, e até mesmo os próprios jovens que promovem tais manobras também são vitimas de acidentes, algumas dessas motos são apreendidas e levadas para a Delegacia ou 6ª Ciretran que está com o seu pátio cheio destes veiculos que são apreendidos para as providências cabiveis, mas ainda é grande o numero de jovens que estão por ai desafiando as leis de trânsito de nosso municipio.

Ayres Britto é o último a votar na primeira etapa do julgamento do mensalão

da Agência Brasil

O julgamento do chamado mensalão - Ação Penal 470 - no Supremo Tribunal Federal (STF) será retomado hoje (30), a partir das 14h, com o voto do presidente da Corte, Carlos Ayres Britto, último a votar nesta etapa. Dez ministros votaram na primeira fase, que se refere aos desvios de verba na Câmara dos Deputados e no Banco do Brasil. Após o voto de Ayres Britto, deve começar a segunda fase do julgamento que é relativa às denúncias sobre o núcleo financeiro do esquema.

Ontem (29), Ayres Britto disse que os ministros terão de definir as penas, no caso das condenações. Segundo ele, essa fase é obrigatória para todo o colegiado. O ministro Cezar Peluso, que se aposenta segunda-feira (3), adiantou seu voto com a definição de penas. Somando as penas, Peluso estipulou seis anos de prisão para o deputado deputado João Paulo Cunha (PT-SP), ex-presidente da Câmara, em regime semiaberto.

Em regime fechado, Peluso condenou a 16 anos de prisão o empresário Marcos Valério, a dez anos e oito meses Ramon Hollerbach e Cristiano Paz, sócios dele, e a oito anos e quatro meses de prisão Henrique Pizzolato, ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil. O ministro também aplicou penas de multa variadas a cada um dos réus.

Com base nos votos já apresentados, os ministros se manifestaram em favor da absolvição de Luiz Gushiken, ex-ministro-chefe da Secretaria de Comunicação e Gestão Estratégica da Presidência da República, por ausência de provas. Os magistrados, com exceção dos ministros Ricardo Lewandowski e José Antonio Dias Toffoli, condenaram João Paulo Cunha por corrupção passiva, peculato por irregularidades na execução do contrato da agência SMP&B com a Câmara e lavagem de dinheiro.

Seis ministros votaram por sua absolvição na segunda denúncia de peculato - relativa à contratação da empresa IFT (Ideias, Fatos e Texto) para a prestação de serviços de assessoria de imprensa. Em relação à mesma denúncia, oito ministr votaram pela condenação dos sócios da SMP&B (Marcos Valério, Ramon Hollerbach e Cristiano Paz) por corrupção ativa e peculato.

Em relação às denúncias sobre desvios de recursos no Banco do Brasil, os dez ministros votaram em favor da condenação de Henrique Pizzolato, ex-diretor de Marketing da instituição, por corrupção passiva e peculato. Oito ministros votaram pela condenação na acusação de lavagem de dinheiro e também em favor da imputação de pena para os sócios da DNA Propaganda (Marcos Valério, Ramon Hollerbach e Cristiano Paz) por corrupção ativa e peculato.

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Vai começar o campeonato maranhense de futebol 2012 - 2ª Divisão

O Campeonato Maranhense de Futebol de 2012 da 2ª divisão será disputado em dois grupos. O 1º grupo será formado por três equipes, Americano, Balsas e JV Lideral. As três equipes jogaram entre si em jogos de ida e volta e o melhor colocados será classificado para a próxima fase. O 2º grupo será formado por três equipes tambem, São Bento, Expressinho e Chapadinha. As três equipes também jogaram entre si em jogos de ida e volta e o primeiro colocado será classificado para a próxima fase. A próxima fase contará com as três equipes classificadas, uma do grupo 1, uma do grupo 2 e o melhor segundo colocado. Elas jogaram entre si em jogos de ida e volta e os dois primeiros (Campeão e vice) serão classificados para a Série A 2013.


Os critérios para desempate em números de pontos são os seguintes, aplicados necessariamente na ordem em que aparecem: 1. Maior número de vitórias;
2. Melhor saldo de gols;
3. Maior número de gols pró;
4. Confronto direto (quando o empate for entre apenas duas equipes);
5. Menor número de cartões vermelhos;
6. Menor número de cartões amarelos;
7. Sorteio.
Classificação FinalClassificação


Jogos Grupo 1

Jogos de ida
1ª RodadaAmericano X Balsas
2ª RodadaAmericano X JV Lideral
3ª RodadaBalsas X JV Lideral

Jogos de volta
4ª RoadadaBalsas X Americano
5ª RodadaJV Lideral X Americano
6ª RodadaJV Lideral X Balsas

Jogos Grupo 2

Jogos de ida
1ª RodadaSão Bento X Expressinho
2ª RodadaExpressinho X Chapadinha
3ª RodadaChapadinha X São Bento

Jogos de volta
4ª RodadaExpressinho X São Bento
5ª RodadaChapadinha X Expressinho
6ª RodadaSão Bento X Chapadinha

Gastos com tratamento de vítimas de câncer podem chegar a US$ 8 bilhões em 2030

Especialistas estimam que até 2030 os gastos com o tratamento de doentes de câncer cheguem a US$ 8 bilhões. Apenas as doenças derivadas do consumo de tabaco podem custar US$ 133 bilhões. Nos Estados Unidos, a estimativa é que sem novas medidas, o número de tumores malignos deve  aumentar 70% até 2030 nos países de rendimento médio e 82% nos países pobres.

No Brasil, pesquisas do Instituto Nacional do Câncer (Inca) mostram que a leucemia é o tipo mais frequente na maioria das populações, correspondendo a 25% ou 35% de todos os tipos, sendo a Leucemia Linfoide Aguda (LLA) a de maior ocorrência em crianças até 14 anos.

Pelos dados do Inca, os linfomas correspondem ao terceiro tipo de câncer mais comum em países desenvolvidos. Nos países em desenvolvimento, correspondem ao segundo lugar, ficando atrás apenas das leucemias.  Só na Índia, 70% das mortes por câncer ocorrem na faixa dos 35 aos 69 anos, reduzindo a vida das vítimas em duas décadas em média, segundo as autoridades do país.

Representantes de várias entidades científicas que pesquisam a prevenção e a cura do câncer defendem que é fundamental ampliar os investimentos em pesquisas e políticas públicas. O diretor do Centro para a Pesquisa Global sobre a Saúde, em Toronto, no Canadá, Prabhat Jha, apelou para que os líderes políticos deem mais atenção ao assunto.

*Com informações da agência pública de notícias de Portugal, Lusa.

Governo marca para hoje a assinatura do acordo que põe fim à greve dos servidores

O governo adiou para hoje (29) a data limite para assinatura de acordos com as categorias em greve. A Confederação dos Trabalhadores no Serviço Publico Federal (Condsef), que representa cerca de 80% dos servidores públicos federais, decidiu aceitar a proposta de reajuste oferecida pelo governo. No entanto, o ato que ratifica o consenso entre as partes deve ocorrer na manhã desta quarta-feira.

Segundo o secretário-geral da Condsef, Josemilton Costa, a mudança na data da assinatura do acordo não altera a decisão da entidade. “Só queremos ter tempo para ler a minuta do acordo com calma, para não dar problema depois de assinar. Mas a mudança na data não vai interferir em nada, a decisão já foi tomada”.

Costa destacou que os funcionários ligados à entidade vão receber aumento que pode variar entre 14% e 37%, em alguns casos, devido a correção de distorções. Mesmo com o percentual alto, o impacto sobre a folha de pagamento não ultrapassa o teto oferecido pelo governo que é de 15,8%, fatiados em três anos, a partir de 2013.

“Nós entendemos que a proposta ficou distante da nossa pauta, mas em contrapartida a categoria tem a maturidade de entender que saímos de zero para algum percentual. Foi uma vitória do movimento quebrar a intransigência do governo Dilma”, comentou Costa.

O acordo vai beneficiar funcionários de 18 carreiras do Plano Geral de Cargos do Poder Executivo (PGPE), da Previdência, Saúde e Trabalho (CPST) e correlatas, também chamada de “carreirão”. Receberão aumento os servidores da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Fundação Nacional do Índio (Funai), Arquivo Nacional, Imprensa Nacional, Museu do Índio, Empresa Brasileira de Turismo (Embratur) e Secretaria de Patrimônio da União.

O reajuste também beneficia os funcionários dos ministérios da Saúde, Previdência, Trabalho, Cultura, Fazenda, Agricultura, Planejamento, Justiça, Transportes e Integração Nacional, além dos cargos administrativos da Polícia Rodoviária Federal.

Da Agencia Brasil

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Dia de Cão no bairro da Tijela em Chapadinha

Foto: Luis Carlos Jr
Hoje ao chegar no trabalho deparo-me com o chamado para uma ocorrencia no bairro da tijela, de imediato várias viaturas se deslocaram até o local, onde constataram que o cidadão Francisco Ivanildo Matias de Sousa, conhecido por "Tofão", foi alvejado com dois tiros, efetuados pelo Elemento Francisco de Assis, vulgo Assis, que seria dono de uma Boca de Fumo.

Fotos William Fernandes
De acordo com as investigações o motivo dos disparos seriam motivados por vendas de drogas entre Assis e o baleado Tofão,  Investigadores da policia Civil e o Serviço de Inteligência da 4ª Companhia Independente da PM, juntamente com Viaturas da Força Tática e outros Policiais Militares de plantão, apreenderam na casa de “Assis”, muitas munições de calibres variados,relógios, aparelhos celulares, uma quantidade de maconha, 1Kg de Crak, um revólver calibre 38 , canivetes e R$ 1.016,00 (Mil e Dezesseis Reias) em dinheiro proveniente da venda de drogas.

De acordo com os Policiais que participaram da operação, fora apreendida uma mulher que se encontrava no local, logo após efetuar os disparos contra Tofão, Assis evadiu-se do Local, as equipes de Policiais estão em diligência no intuito de capturarem Assis.

A Ação conjuta entre a Policia Militar e a Policia Civil, sempre traz ótimos resultados, o que torna a atividade Policial na cidade de Chapadinha de uma grande eficacia, apesar de todas as dificuldades que estas intituições atravessam.

Organizações sociais alertam população do Semiárido a não trocar voto por água

“Quem pede voto em troca de água não merece nossa confiança” é o slogan usado por representantes de movimentos sociais para alertar a população do Semiárido a não aceitar o uso eleitoreiro da água e a denunciar a negociação de votos em troca de benefícios durante a campanha para as eleições municipais deste ano.

Intitulada Não Troque Seu Voto por Água. A Água É Um Direito Seu!, a campanha foi lançada este mês pela Articulação no Semiárido Brasileiro (ASA), rede formada por mil organizações da sociedade civil que atuam nos estados do Nordeste e em Minas Gerais. Com inserções em rádios locais e comunitárias, além de panfletos e cartilhas, a mobilização tem o objetivo de conscientizar, principalmente, pequenos agricultores.

O coordenador da ASA, Naidison Batista, enfatizou que no momento em que o Semiárido enfrenta a pior seca dos últimos 30 anos, há políticos que aproveitam as medidas de socorro às vítimas da estiagem, como o fornecimento de carros-pipa e a distribuição de alimentos e de sementes com recursos públicos, para se manter no poder.

“Quando há seca, é comum haver a prática de compra de votos, porque nessas ocasiões principalmente os agricultores mais pobres estão muito fragilizados. Eles têm pouca alimentação para seus animais, para sua família e pouca água. Quando procuram os representantes do poder público para acessar programas de assistência social, é comum ouvirem pessoas dizendo que vão levar água ou alimento, mas que têm que votar no candidato que estão indicando”, afirmou.

Naidison Batista ressaltou que os programas de transferência de renda, como o Bolsa Família, ajudam a reduzir a incidência dessa prática, já que as famílias ampliam sua capacidade de compra de produtos da cesta básica e de água. “Mesmo assim, essas situações ainda são frequentes”, lamentou.

O coordenador da organização não governamental lembrou que oferecer benefícios em troca de voto é crime, conforme previsto na Lei 9.840/99, conhecida como Lei de Combate à Corrupção Eleitoral.

“Queremos estimular a mentalidade da cidadania, a consciência de que não podemos vender nosso voto por nada. E se houver tentativa de compra da nossa escolha é preciso denunciar ao Tribunal Regional Eleitoral dos estados, ao Ministério Público Estadual e até a OAB [Ordem dos Advogados do Brasil]”, alertou.

Com informações da Agencia Brasil

Placar do chamado mensalão já condena quatro réus

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) condenou, na sessão de hoje (27) do julgamento da Ação Penal 470, o chamado mensalão, os réus Marcos Valério e seus ex-sócios Ramon Hollerbach e Cristiano Paz, pelos crimes de corrupção ativa e peculato.

O ex-diretor do Banco do Brasil Henrique Pizzolato também foi condenado pelos crimes de corrupção passiva e peculato por seis dos 11 ministros da Corte. Com o sexto voto, da ministra Cármen Lúcia, caso nenhum dos magistrados altere seu voto até o final do julgamento, os quatro réus serão condenados, mesmo que os próximos ministros os absolvam.

A ministra Cármen Lúcia acompanhou o entendimento do ministro-relator Joaquim Barbosa na condenação dos réus e também absolveu o ex-ministro da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Luiz Gushiken. Ele tem maioria formada de votos pela absolvição, já solicitada nas alegações finais do Ministério Público.

Até agora, votaram Joaquim Barbosa, o ministro-revisor, Ricardo Lewandowski, Rosa Weber, Luiz Fux, Antonio Dias Toffoli e a ministra Cármen Lúcia. Na próxima sessão, que será realizada na quarta-feira (29), o ministro Cezar Peluso será o primeiro a proferir o voto, seguindo a ordem de antiguidade da Corte. Ele se aposentará no dia 3 de setembro.

Cármen Lúcia votou ainda pela condenação do deputado federal João Paulo Cunha (PT-SP) pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e peculato. “Houve corrupção passiva por parte de João Paulo Cunha no recebimento de R$ 50 mil. [...] Neste caso, houve recebimento, não apenas oferta, por meio da intermediação do saque da própria esposa. Sabia-se que era vantagem indevida, porque não havia nenhum débito por parte de Marcos Valério. Não me toca a circunstância de ele ter se valido da própria esposa”.

A ministra destacou também em seu voto a contratação do jornalista Luís Costa Pinto por João Paulo Cunha e citou o salário mensal que o assessor recebia de R$ 21 mil por mês da Câmara dos Deputados, valor maior do que teto do funcionalismo público na época. "Ele [João Paulo] contratou alguém, além do que a legislação permitia", detalhou.

Cármen Lúcia condenou os publicitários Marcos Valério, Ramon Hollerbarch e Cristiano Paz por corrupção ativa e João Paulo Cunha por peculato em duas ocasiões. O deputado federal também foi condenado corrupção passiva e lavagem de dinheiro. “Não houve apenas a oferta ou a solicitação, mas o recebimento de R$ 50 mil [por João Paulo Cunha] e sabia-se que era vantagem indevida", ressaltou.

Da Agencia Brasil

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Psicópatas Politicos, uma raça constante em Chapadinha

Por conta de alguns textos que tenho publicado neste blog, e que gentilmente alguns blogueiros republicam, tenho visto e ouvido muitos comentários, principalmente nas redes sociais, e em especial no Facebook, na grande maioria os comentários são elogios o que nos anima bastante, mas tem alguns individuos que tentam mudar o sentido do post, pelo fato deste blogueiro não estar divulgando as ações de qualquer candidato a prefeitura de Chapadinha, o post a seguir é o que penso destes individuos, e de muitos que estão ficando loucos em Chapadinha.

Resolvi pesquisar na Rede mundial de computadores e encontrei um material do Doutor e professor HUGO MARIETÁN,Médico psiquiatra, no qual fiz uma edição e adaptei a nossa realidade: “Os políticos costumam aferrar-se ao poder como psicópatas”. Para os que têm essas caraterísticas, as pessoas são só coisas.

“Os políticos importantes geralmente são psicopatas por uma simples razão: o psicopata adora poder. Utiliza as pessoas para obter mais e mais poder, e as trasnforma em coisas para propio beneficio dele. Isto não quer dizer, lógicamente, que todos os políticos ou todos os líderes sejam psicópatas, desde já, mas sim que o poder é um âmbito onde eles movem como peixe na água.”

Mas os Idiotas politiqueiros, são aqueles que estão cegos, fanáticos, e que de maneira alguma aceitam as idéias contrárias as suas, para aqueles que põem a lupa nestas personalidades atípicas, que não necessariamente são as que protagonizam as notícias, e principalmente na parte policial, já que são estes seres que protagonizam as agressões, os xingamentos e as vezes até mortes.

Porque, precisamente, a alusão não é dirigida aos assassinos seriais como Hannibal Lecter , o psiquiatra perturbado do filme “O silêncio dos cordeiros”, senão a aquelas personalidades que Marietán define como “psicopatas cotidianos”. Personalidades especiais, mas que não só se adaptam perfeitamente ao medio, senão que também costumam estar em torno nosso sem maiores estridências. É mais mesmo: muitos deles costumam chegar à cume económica, política e do reconhecimento social.

Na psicopatia, diz este experto, não existem “tipos”, senão graus ou intensidades diversas. Assim, o estuprador serial seria um psicopata mais intenso o extremo do que o cotidiano, mas portador da mesma personalidade, ou simplismente a defesa de seu interese, afinal este tipo de pessoas é defenida como rato de prefeitura, de Câmaras, de Assembleias legislativa, etc. Por este motivo o medo de ficar de fora da divisão do bolo.

- Uma caraterística básica do psicopata é que é um mentiroso, mas não é o mentiroso qualquer. É um artista. Mente com a palavra, mas também com o corpo. Atua. Pode, inclusive, fingir sensibilidade. Acreditamos nele uma e outra vez, porque é muito convincente. Qualquer ser normal sabe que tem que cumprir sua função durante um tempo determinado. E, cumprida a missão, vai embora. Ao psicopata, por outro lado, uma vez que está acima, ninguem pode tirá-lo: quer estar uma vez, duas vezes, três vezes. Não deixa o poder, e muito menos o delega. Talvez você lembra alguem assim? Outra carateristica é a manipulação que faz das pessoas.

Descrevo aquelas pessoas subjugadas, sim, e inclusive pode ser de alto nivel intelectual, mas seu fanatismo o coloca no menor degrau do saber. Porque o psicópata sempre trabalha para ele mesmo, ainda que em seu discurso diga tudo o contrário. As pessoas são simples instrumentos. Ele carece da habilidade emocional da empatia, que é a capacidade de qualquer pessoa normal de pôr-se no lugar do outro.

A tendência a favorecer a determinadas pessoas na política é, uma forma de considerar as pessoas como coisas? Cadé o amor proprio, digo isso por que não vou ficar inimigo de ninguem por não concordar com a sua escolha politica, devo respeita-la, é triste constatar que uma parte de meus amigos estão de cabeça virada por causa desta politica de 2012 em Chapadinha, Dai me pergunto a troco do que isto tá acontecendo?  

Será que às pessoas não tem a capacidade de escolher seus dirigentes. O psicópata sempre nos deixa sem opcões: as pessoas que ele manipula estão numa desventagem económica tal que não têm outra saída: ou como e sigo-lhe ou não sigo-lhe e não como. A liberdade das pessoas é a capacidade de ter alternativas. O líder psicópata sabe que trabalha para ele mesmo ou acredita verdadeiramente lutar por uma causa superior?

Esses Psicópatas Politicos de Chapadinha, têm uma lógica muito diferente. Contudo, ele acredita ou não, a bandeira que utiliza sempre é suprapessoal, mais lá, inclusive, deste momento. Outras bandeiras podem ser a apelação ao homem novo, o projeto nacional, a liberação, a raça superior, a Nação, a pátria. O psicópata sempre necessita procurar um inimigo, para aglutinar. E, logicamente, nunca vai dizer: “Vamos trabalhar para mim”.

O que o cidadão Chapadinhense Claudecir Satil da Silva vem afirmar nesta matéria, e que eu não preciso me descabelar, nem de esculhambar alguém, para ter uma escolha politica, sou livre, sou funcionário público há 19 anos e 03 meses, trabalho esse conseguido através de concurso. Por este e outros motivos não vou perder meus amigos por causa de politica, e aconselho a este loucos, fanáticos e outros a fazerem uma reflexão de suas ações e atitudes, boa semana a todos.

Governo encerra negociações e dá prazo até terça-feira para assinatura de acordos com grevistas

O governo encerrou ontem (26) as rodadas de negociações com os servidores públicos federais em greve. O Ministério do Planejamento deu prazo até a próxima terça-feira (28) para que os representantes das categorias assinem os acordos concordando com o reajuste de 15,8%, dividido em três anos, proposto pelo governo.

As categorias que não concordarem ficarão sem aumento. Apesar de os trabalhadores saírem das negociações insatisfeitos com o percentual oferecido pelo governo, o secretário de Relações do Trabalho do Ministério do Planejamento, Sérgio Mendonça, disse estar confiante de que a maioria das categorias vai assinar o acordo.

“Encerramos esse longo processo de negociação. Amanhâ e terça-feira vamos aguardar os retornos e estamos estruturando os projetos de lei daquelas categorias que estão aceitando fazer o acordo com o governo. Tivemos a sinalização de diversas categorias que vão topar”, disse Mendonça.

Desde março, quando foi iniciado o processo de negociação salarial, foram mais de 200 reuniões para discutir o reajuste dos servidores com mais de 31 entidades sindicais. Apenas neste final de semana foram realizadas 12 reuniões com representantes do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), dos controladores de voo, da Associação Nacional dos Analistas e Especialistas em Infraestrutura (Aneinfra), trabalhadores da área de ciência e tecnologia e do Itamaraty.

No próximo dia 31 termina o prazo para o envio do Orçamento ao Congresso Nacional, com a previsão de gastos com a folha de pagamento dos servidores para 2013.

Até o momento, só as negociações com a área da educação, segmento considerado estratégico e prioritário pelo governo, foram resolvidas. Apenas a Federação de Sindicatos de Professores de Instituições de Ensino Superior (Proifes), que representa a minoria dos docentes federais, e a Federação dos Sindicatos dos Trabalhadores das Universidades Públicas Brasileiras (Fasubra), representante dos técnicos administrativos universitários, aceitaram a proposta do governo.

Para os professores universitários, a proposta acordada foi reajustes que variam entre 25% e 40%, nos próximos três anos, e redução do número de níveis de carreira de 17 para 13. A oferta terá custo de R$ 4,2 bilhões para a folha de pagamento.

No caso, dos servidores administrativos das universidades, o impacto do reajuste será de R$ 2,9 bilhões. O acordo prevê além do reajuste “parâmetro”, incentivos à titulação. Todas as propostas feitas pelo governo se aceitas, devem onerar em R$ 18,95 os gastos com pessoal no período de três anos. As ofertas prevêem reajustes de 15,8%, fracionados até 2015.

O Ministério do Planejamento estima que a greve envolva cerca de 80 mil servidores públicos federais. Em contrapartida, os sindicatos calculam que cerca de 350 mil funcionários aderiram ao movimento.

sábado, 25 de agosto de 2012

Politica de Chapadinha, afinal a culpa é de quem? Do GAto ou da Lebre que nos venderam?

Desde que resido em Chapadinha nunca tinha presenciado um politica partidária tão acirrada, creio que os politicos ja perceberam que? Estamos em pleno ano eleitoral e percebo que a boa parte dos chapadinhenses não tem nenhum interesse em influenciar nas políticas públicas por não acreditarem que possam exercer algum tipo de poder. E os que acreditam no poder exercido através do voto se sentem traídos por seus eleitos assim que eles assumem o poder e modificam estruturas.

Essa semana ouvi muitas coisas que me fizeram refletir. Um cidadão que utiliza a linha de o caos da saude e a morte de pessoas para se beneficiar de alguma forma e grita em alto e bom para que todos ouvissem “A culpa é do Gato ou da lebre. Não, a culpa nossa pois somos nós os responsaveis por este politicos que comando o nosso municipio.
Realmente, a saúde está um caos no Brasil, Maranhão, Chapadinha, e as pessoas ao seu redor estão só reclamando, isso vale para a segurança, a educação, saneamento básico, esporte, ou seja, falta quase tudo. Então vamos fazer um exame de consciencia, “Não, a culpa é nossa que os colocamos onde estão”.
Esta semana o bicho pegou, estão procurando pessoas para servirem de "Bode Espiatório", mas um aviso aos navegantes, nunca vi na história de Chapadinha politicos saindo no tapa, esse ano são inimigos, mas quando as eleições passam são eternos parceiros, e nas proximas eleições estão amississimos, e a cambada de "Pela Saco" como ficam? uns presos, outros individados, sem aquele amigo de infância, sem a amizade de seus familiares?
Nossa população esta chorando, impotente, por saber que as eleições de alguma forma vai interferir em nossas vidas, e que ainda vamos viver experiências para aprender as duras lições da vida politica.  Vejo onosso povo culpando alguém que morreu, causando parte das suas angústias. Digo ainda que nós verdadeiramente somos os culpados.
Estamos culpando o "Gato e a Lebre", mas na verdade ignoramos os verdadeiros culpados, e mais fácil colocar a culpa emalguém do que verdadeiramente apresentarmos uma solução para os nossos sofrimentos. Eu vejo a história se repetir diante dos meus olhos e me sinto impotente. Choro, questionando o sentido de tudo isso. Afinal, a culpa é de quem?

Anatel determina gratuidade nas ligações de orelhões da Oi

A partir do dia 30 deste mês, as ligações locais para telefones fixos feitas em orelhões da operadora Oi em 2.020 municípios não poderão ser cobradas. A medida, determinada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), faz parte do Plano de Revitalização de Telefonia de Uso Público, que começou em agosto de 2011.
 
A Anatel exigiu de cada uma das concessionárias um plano de vistoria e reparo dos orelhões e melhoria nos sistemas de supervisão. Como a Oi não atingiu integralmente os objetivos do plano, especialmente em relação à densidade de orelhões por número de habitantes e aos reparos nos telefones, foi feito um acordo com a agência para isentar a cobrança da ligação. A gratuidade vale até outubro ou dezembro, de acordo com o problema apresentado pela operadora em cada cidade. A Oi tem atualmente 760 mil orelhões no país.
Desde abril, a mesma proibição de cobrança foi determinada para a Embratel, nas chamadas nacionais de longa distância feitas por meio do código 21 nos 1,5 mil orelhões sob responsabilidade da concessionária. A medida, que vale até 31 de dezembro, foi decidida pela Anatel por causa do desempenho insatisfatório da concessionária na execução do plano de revitalização da telefonia de uso público.
Segundo o superintendente de Universalização da Anatel, José Gonçalves Neto, a estimativa de investimentos de todas as operadoras para o cumprimento do plano de revitalização é R$ 205 milhões. A Oi deverá investir R$ 170 milhões para revitalizar os orelhões do país.
Neto garante que as medidas impostas pela Anatel têm surtido efeito na melhoria da disponibilidade do serviço no país. No caso da Oi, o índice de planta ativa de orelhões era 70% em setembro do ano passado e em junho deste ano passou para 86%. O índice da Embratel passou de 50% para 69% e da Telefônica subiu de 70% para 91%.

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Policial tem vida?

DESABAFO DE UM FAMILIAR DE POLICIAIS QUERENDO JUSTIÇA! LEIAM ! PRINCIPALMENTE PORQUE NÃO É ESCRITO POR POLICIAL

Policial tem vida? Qual a natureza jurídica do policial? Ele tem direitos?

Nos últimos dias morreram dois policiais civis. Nos últimos 06 meses policiais militares que se interpuseram entre a sociedade e o tráfico de drogas na Zona Norte, foram assassinados. Os policiais que perseguiram o ladrão de bancos conhecido como Balengo foram, juntamente com seus familiares, ameaçados de morte. Na última sexta feira, o GARRA desencadeou uma ação para capturar os matadores de um dos policiais. Investigadores, escrivães, agentes, carcereiros e delegados, de férias, de folga, abriram mão da convivência da sua família para prender o assassino do colega.

Nenhuma palavra dos direitos humanos, nota ridícula da Globo, que preferiu dar destaque à prisão dos chamados higlanders. Muitas pessoas ligaram na Bandeirantes reclamando que a polícia estava sendo abusiva, que a operação prejudicava o trânsito, que a operação atrapalhava suas vidas. A Record criticou o fato veladamente, ora batendo, ora soprando, mas não deixou de apresentar uma crítica ao GARRA.

Quando o casal Nardoni foi investigado, por quase 30 dias o Brasil acompanhou uma novela. Ruas foram fechadas, inserções no horário nobre alterando o padrão Global, interditou-se ruas, avenidas, IML, a delegacia trabalhou apenas nisso!! No caso da menina Eloá, foram 100 horas em que famílias não puderam retornar aos seus lares. Isso mesmo, foi necessária a interdição de vários apartamentos.

No caso do seqüestro do menino Ives, do empresário Beltrão, Abílio Diniz, dos repórteres da TV Globo, do homicídio de Tim Lopes, a polícia trabalhou horas sem interrupção. Tenho amigos que não puderam nem ir para casa. Em todos esses casos não houve reclamação. Por isso pergunto: Policial é gente? Policial é humano?

Tenho um filho e a esposa na polícia. Tenho incontáveis amigos que quero como irmãos na polícia. Tenho diversos amigos na polícia. Tudo isso me machuca, me ofende.

No seu CPP de 2000 Nucci defendia que contra o policial sempre cabia prisão preventiva, posição retirada, mas nunca corrigida, pois nunca apresentou o policial como ser humano credor de direitos humanos. Em julgado recente, o STF, em pleno direito penal do autor, decidiu que o policial deve sempre ficar preso, pois sua missão é defender a sociedade e, quando age de forma diferente, deve permanecer preso. E o direito à presunção de inocência que concedeu ao padre pedófilo, cujo HC terminou por julgar inconstitucional a vedação de progressão de regime? E o jornalista Pimenta das Neves? O médico Farah que picotou sua vítima, E OS JUÍZES QUE VENDERAM SENTENÇAS E FORAM APOSENTADOS COM VENCIMENTOS INTEGRAIS, ou já se esqueceram de Vicente Leal? Por tudo isso, pergunto: policial é gente? Será que vem da sociedade?

Trabalhei muito tempo em hospital para saber que médico não cobra de médico, que engenheiro não cobra de engenheiro e, como advogado, não cobro de advogados. Não se trata de corporativismo, mas de companheirismo. Há um velho ditado que diz: "na hora da dificuldade o ser humano roga a Deus e clama pela polícia". Passada a emergência, esquece-se de Deus e amaldiçoa a polícia. É verdade. A nossa imprensa pequena e comezinha ainda está presa a dogmas do jornalismo do século 19. A única norma constitucional que os jornalistas conhecem é a liberdade de expressão. Qualquer atividade, como a proibição da divulgação de grampos ilegais fere a liberdade de expressão, ainda que para exercê-la humilhem e massacrem pessoas que depois se descobre inocentes. Em Questão de Honra, Tom Cruise, um advogado militar, pergunta a sua colega porque ela se importava tanto com os sentinelas processados, a que ela responde: porque quando deito, durmo sossegada, sabendo que eles estão vigilantes e, que naquela noite nada vai me acontecer.

Estou encaminhando este e-mail para três jornalistas que, no meu ponto de vista são cabeças pensantes e não mero vendedor de noticias. Nada contra os demais, nada a favor também. Enviarei também ao STF. Os senhores, adicionados à minha lista, de alguma forma mantêm relacionamento com a polícia, seja civil, seja militar. Alguns já são policiais. Ou nos manifestamos, ou seremos sempre (não sou policial, mas minha família é, assim me sinto ofendido por eles) cidadãos de segunda classe, como foram os negros por 400 anos.

Abraços, e que Deus proteja, para quem acredita nele, os nossos policiais e, para quem não acredita, boa sorte!!

SE VOCÊ PUDER FAZER COMO EU, ENCAMINHE ESTE DESABAFO A TODAS AS PESSOAS DA SUA LISTA. COMO VOCÊ SABE, EU TRABALHO NO MEIO E CREIO QUE ESTAVA MAIS DO QUE NA HORA DE ALGUÉM GRITAR!!!

"Quem poupa o Lobo, sacrifica a ovelha"

"Mil cairão ao teu lado, e dez mil à tua direita, mas tu não serás atingido." Salmo 91

Texto recebido por Email, do amigo Otsugua Rasec

Melhora da escolaridade do brasileiro diminuiu informalidade no trabalho, aponta FGV

A melhora da escolaridade dos brasileiros levou à queda na informalidade do trabalho entre 2002 e 2009, aliada ao bom momento econômico da década passada e a políticas públicas de geração de emprego e renda. A conclusão faz parte da pesquisa Evolução Recente da Informalidade no Brasil, dos pesquisadores Fernando Holanda Barbosa Filho e Rodrigo Leandro de Moura, do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre-FGV).

A taxa de informalidade que chegou a 43,6% em 2002 caiu para 37,4% em 2009, uma diminuição de 6,2 pontos percentuais, segundo o trabalho da FGV, com base em dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios.

A falta de formalização nas relações de trabalho, que se traduz principalmente pela ausência de registro em carteira, é inversamente proporcional ao grau de escolaridade: quanto mais anos de estudo, maior a formalização. Segundo a pesquisa, houve queda na informalidade em todas as camadas educacionais.

Com até três anos de estudo, 62,8% dos trabalhadores eram informais em 2002, passando para 59,1% em 2009. Entre os que têm ensino médio completo e superior incompleto, com 11 a 14 anos de estudo, a taxa de informalidade era 28,7% em 2002 e caiu para 24,7% em 2009. Já os detentores de diploma universitário, com mais de 15 anos de estudo, registravam 26,1% de informalidade em 2002, número que diminuiu para 23,4% em 2009.

Para o pesquisador Rodrigo Moura, existe uma relação direta entre mais anos de estudo e exigência profissional, tanto pelo trabalhador como pelo empregador. “O trabalhador com maior escolaridade aceita menos um contrato informal de trabalho. Quem tem maior nível educacional tem maior poder de barganha”, disse.

Apesar das variáveis econômicas e políticas não estarem explícitas no levantamento da FGV, o pesquisador reconheceu que também devem ser levados em conta o bom momento vividos pelo país e o mundo na maior parte da década passada, bem como a adoção de políticas públicas de geração de emprego e renda, facilitando a contratação. Outro dado relevante foi o incentivo federal ao ingresso nas universidades públicas, com a expansão das vagas.

A pesquisa pode ser acessada na íntegra no endereço http://portalibre.fgv.br/.

Da Agência Brasil 

Campanha de atualização da caderneta de vacinação infantil acaba amanhã em todo o país

A campanha de atualização da caderneta de vacinação infantil termina amanhã (24) em todo o país. De acordo com o último balanço do Ministério da Saúde, mais de 3 milhões de crianças menores de 5 anos já compareceram aos postos de saúde.

Desse contingente, 845.455 mil foram vacinadas contra doenças como a poliomielite, o sarampo, a rubéola, caxumba, coqueluche e meningite. O número representa 28% do total de crianças que visitaram os postos de vacinação, sendo que nem todas precisaram tomar alguma vacina porque já estavam com a caderneta em dia.

O objetivo da ação, segundo o governo, é reduzir as taxas de abandono do esquema vacinal e, consequentemente, diminuir o risco de transmissão de doenças que podem ser prevenidas.

Estão disponíveis todas as vacinas do calendário básico infantil, incluindo a pentavalente e a Vacina Inativada Oral contra a Poliomielite (VOP), lançadas este ano. A primeira reúne em uma única aplicação a tetravalente (que protege contra a difteria, o tétano, a coqueluche e meningite) e a dose contra a hepatite B. Já a VOP é indicada para crianças que nunca foram imunizadas contra a pólio.

Durante a campanha, menores de 5 anos que vivem nas regiões Norte e Nordeste, no Vale do Jequitinhonha e no Vale do Mucuri, ambos em Minas Gerais, também vão receber suplemento de vitamina A. A ação faz parte do Programa Brasil Carinhoso, lançado em maio deste ano, que tem como meta a superação da extrema pobreza na primeira infância.

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

MEC quer pacto com estados para melhoria do ensino médio

Após reunião com os secretários estaduais de Educação, o ministro Aloizio Mercadante anunciou que será firmado um “pacto nacional” com os governos estaduais para melhorar a qualidade do ensino médio. A iniciativa surge uma semana depois da divulgação dos resultados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) que, no ensino médio, indicaram resultados insuficientes. O ensino médio é considerado o “gargalo” da educação básica, por registrar altos índices de abandono e reprovação, além de problemas na aprendizagem.


De acordo com Mercadante, será formado um grupo de trabalho entre os secretários de Educação e dirigentes do MEC para discutir soluções para essa etapa do ensino. Um dos focos deverá ser a reforma do currículo do ensino médio. A crítica é que hoje o conhecimento é apresentado de forma muito fragmentada aos estudantes – em média são 13 disciplinas obrigatórias. O debate não é novo. No ano passado, o Conselho Nacional de Educação (CNE) aprovou as novas diretrizes curriculares do ensino médio que já indicavam uma flexibilização desse formato. De acordo com o ministro, o documento servirá de base para o novo modelo.

Mercadante ressaltou que a reforma não significa que a divisão entre as disciplinas será abolida, mas que a aprendizagem dos conteúdos será integrada em quatro grandes áreas: linguagens, matemática, ciências humanas e da natureza. “Algumas redes de ensino já estão trabalhando por área de concentração. Isso não quer dizer menos disciplinas ou menos professores, mas que elas estão integradas em um processo de aprendizagem único”, disse.

Uma das funções do grupo de trabalho será levantar as boas experiências já desenvolvidas nos estados para que elas possam ser utilizadas por outras redes de ensino. Para a presidenta do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), Nilene Badeca, é fundamental que os estados participem desse redesenho curricular porque são eles que executam as políticas na ponta.

“A ideia não é ter um modelo único. A gente vai buscar aquilo que é mais adequado para cada realidade. Nós vamos trocar experiências para ver o que é melhor para os estados. Vamos propor e ver o que podemos fazer junto com o MEC”, disse.

Além da reforma curricular, o MEC discutiu com os secretários outras ações para melhorar o ensino médio, como o aumento da jornada escolar e do número de professores com dedicação exclusiva a uma única escola. Segundo o ministro, outra ideia é criar um programa de intercâmbio entre diretores de escolas para que eles conheçam “as melhores experiências de ensino médio no Brasil a fim de trazer para sua rede”.

Também será discutida a possibilidade de ampliação do Programa Ensino Médio Inovador, que atualmente atende a 2 mil escolas. Por meio dele, o MEC apoia unidades de ensino que queiram desenvolver novos formatos de organização de ensino médio, inclusive com o aumento do número de horas que o aluno passa na escola.

Supremo concede habeas corpus a envolvido na morte da missionária Dorothy Stang

da Agência Brasil
O Supremo Tribunal Federal (STF) concedeu habeas corpus (HC) autorizando a liberdade provisória do fazendeiro Reginaldo Pereira Galvão. A decisão liminar é do ministro Marco Aurélio Mello. O fazendeiro foi condenado pelo Tribunal do Júri, em Belém, a 30 anos de prisão pelo assassinato da missionária Dorothy Stang em fevereiro de 2005.

Reginaldo, acusado de ser o mandante
O alvará de soltura deve ser cumprido “com as cautelas próprias”, segundo a decisão do ministro, caso o fazendeiro não esteja preso por outro motivo. Galvão está preso em Altamira, no Pará, desde novembro de 2011. Ele se apresentou espontaneamente.

Na decisão, Marco Aurélio citou os fundamentos da Suprema Corte ao dizer que a prisão preventiva deve se basear em razões objetivas e concretas, capazes de corresponder às hipóteses que a autorizem.

Em julho, a defesa de Galvão pediu ao STF a revogação de sua prisão preventiva. Os advogados sustentaram que era a terceira vez que o fazendeiro tinha a prisão preventiva decretada pelos mesmos fundamentos. No pedido, a defesa do fazendeiro referiu-se a uma decisão da Suprema Corte de 2006, que suspendeu a prisão preventiva de Galvão.

A missionária norte-americana foi morta com seis tiros em fevereiro de 2005, em uma estrada rural do município de Anapu (PA), local conhecido como Projeto de Desenvolvimento Sustentável Esperança (PDS). De acordo com a denúncia, Dorothy era a maior liderança do projeto, atraindo a inimizade de fazendeiros da região que se diziam proprietários das terras que seriam utilizadas no PDS.

A denúncia apontou Rayfran das Neves Sales como executor do crime, com a ajuda de Clodoaldo Carlos Batista. As investigações apontaram que eles agiram a mando de Amair Feijoli da Cunha, Vitalmiro Bastos de Moura e Regivaldo Pereira Galvão, que receberam o pagamento de R$ 50 mil. Todos foram condenados.

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Candidato Eduardo Sá, um destaque nas eleições de Chapadinha

O candidato a vereador Eduardo Sá tem se tornado um grande destaque na Politica Partidária de Chapadinha, na última carreata realizada (sabado 18 de agosto) o candidato foi um dos mais aplaudido pelo povo que se fazia presente ao evento, junto com a sua equipe de campanha Edurado Sá vem mudando a maneira de fazer politica partidária na cidade de Chapadinha.

Além do carisma e de proposta inovadoras para a cidade Chapadinha, Eduardo Sá é um politico diferenciado, um candidato que por onde passa apresenta as suas propostas, ouve das comunidades suas reinvidicações, não pratica a politica da agressão e de ataque aos seus adversários, o que torna sua candidatura com uma excelente aceitação de seu nome para uma vaga na Camara municipal de Chapadinha.

Durante toda a carreata Eduardo Sá era aplaudido, recebia muitos abraços e a adesão de várias pessoas ao seu nome como futuro vereador de Chapadinha, segundo o candidato, essa empolgação do eleitor é o fator motivacional, o que alimenta a sua vontade de quando chegar a Camara municiapl de Chapadinha, trabalhar em projetos que beneficiem a população, é compromisso de Edurado Sá ações voltadas para a melhoria da saúde, educação, esporte e cultura dentre outras.

O Blog Sala Vipp  tem observado com muito respeito as proposta de vários canndidatos nesta eleição para a Prefeitura e Camara de Chapadinha. Centímetro a centímetro, estamos observando qual o espaço em que cada candidato aparece com destaque. E Eduardo Sá sem dúvidas é um destaque da eleição chapadinhense de 2012.

O candidato Eduardo Sá esta com vários projetos voltados para a melhoria da Saude do povo chapadinhense, é a sua principal meta que a cidade de Chapadinha seja modelo na area da saúde, na area de esporte o candidato vem se destacando como um grande incentivador a praticas esportivas, e o bem estar social é meta de Eduardo Sá, um dos destaque da politica partidária chapadinhense.


Assaltos a bancos crescem 25% e arrombamentos aumentam 65% no primeiro semestre

O total de assaltos a bancos ocorridos no país ao longo do primeiro semestre deste ano cresceu 25,2% em relação ao mesmo período de 2011. O número passou de 301 para 377 casos. Já os arrombamentos de agências, postos de atendimento e caixas eletrônicos passaram de 537 para 884 no mesmo período – um crescimento de 64,6%.

Os dados fazem parte da 3ª Pesquisa Nacional de Ataques a Bancos, divulgada hoje (20) em Curitiba. O levantamento foi elaborado pela Confederação Nacional dos Vigilantes (CNTV) e pela Confederação Nacional dos Trabalhadores no Ramo Financeiro (Contraf), com apoio técnico do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Somadas, ambas as modalidades de ataques a bancos chegaram a 1.261 ocorrências, uma alta de 50,5% em relação ao primeiro semestre do ano passado, quando houve 838 casos. Entre as fontes da pesquisa estão estatísticas de secretarias estaduais de Segurança Pública, notícias publicadas pela imprensa e levantamentos de sindicatos e federações de trabalhadores. No mês passado, a CNTV, a Contraf e o Dieese haviam divulgado 27 mortes em assaltos a bancos, de janeiro a junho de 2012.

Nas estatísticas de assaltos a bancos por estado, São Paulo lidera o ranking, com 99 casos no primeiro semestre, seguido por Bahia (37), Ceará (26), Pernambuco (18), Paraíba (17), Paraná (16) e Mato Grosso (16). Em termos percentuais, o maior crescimento ocorreu no Ceará, que passou de cinco casos no primeiro semestre de 2011 para 26 no mesmo período deste ano, uma alta de 420%.

O ranking de arrombamentos também é liderado por São Paulo, com 190 casos. Na sequência, aparecem Minas Gerais (151), Santa Catarina (121), Paraná (93), Bahia (54), Rio Grande do Sul (40) e Mato Grosso (32). O maior crescimento do número de casos ocorreu em Minas Gerais, com um salto de cinco para 151 ocorrências, uma variação de 2.920% em relação ao primeiro semestre do ano passado.

As entidades acreditam que os dados reais podem ser ainda maiores, em razão da dificuldade de se obter esse tipo de informação em alguns estados. Casas lotéricas, unidades do Banco Postal dos Correios e correspondentes bancários não constam do levantamento.

"Esperamos que o anteprojeto de lei que trata do estatuto da segurança privada seja apresentado ainda este ano pelo Ministério da Justiça. A legislação atual está defasada", disse Ademir Wiederkehr, diretor da Contraf, em entrevista à Agência Brasil. "Queremos mais segurança para proteger a vida das pessoas. Não queremos mais a morte de clientes e trabalhadores."

Entre as reivindicações das entidades que representam vigilantes e bancários estão a obrigatoriedade de porta giratória com detector de metais antes das salas de autoatendimento; instalação de vidros blindados nas fachadas das agências; colocação de câmeras de monitoramento dentro e fora dos bancos; ampliação do número de vigilantes; uso de divisórias entre os caixas e biombos antes da fila de espera; e isenção de tarifa para transferências eletrônicas de recursos entre bancos diferentes.

As entidades sindicais também defendem maior controle e fiscalização por parte do Exército no transporte, armazenamento e comércio de explosivos. Em 2011, de acordo com números apresentados pela CNTV, houve pelo menos 44 ocorrências de roubos de cargas de explosivos no país – 15 delas em Minas Gerais, o que explicaria, em parte, o aumento significativo de casos de arrombamento registrados no estado. Em segundo lugar aparece o Paraná, com dez ocorrências de roubos de explosivos.

"Em cada uma dessas ocorrências são roubadas toneladas de dinamite", disse o presidente da CNTV, José Boaventura Santos. "As mineradoras deveriam ser obrigadas a ter um plano de segurança para o transporte desse material, com a contratação de vigilância."

Perguntado pela Agência Brasil se já fizeram algum contato com o Exército sobre o assunto, o presidente do Sindicato dos Vigilantes de Curitiba, João Soares, disse que o órgão participou recentemente de uma audiência pública sobre o tema, realizada na Assembleia Legislativa do Paraná.

"O representante dos Exército nessa audiência informou que é praticamente impossível fiscalizar tudo. Eles fazem uma fiscalização por amostragem", disse Soares. "Precisamos de uma fiscalização mais consistente, com medidas como rastreamento dos artefatos por chips ou códigos de barras. Há locais que vendem banana de dinamite por R$ 10."

Os trabalhadores reclamam ainda do baixo orçamento destinado pelos bancos para gastos com segurança. No primeiro semestre deste ano, os cinco maiores bancos aplicaram R$ 1,5 bilhão em segurança, o equivalente a 6% do lucro líquido de R$ 24,6 bilhões obtido no período.

Procurada pela Agência Brasil, a Federação Brasileira de Bancos divulgou nota em que informa que a segurança dos seus funcionários e clientes é preocupação central dos bancos. Conforme a nota, os investimentos em segurança feitos pelo setor passaram de R$ 3 bilhões, em 2002, para R$ 8,3 bilhões em 2011, o que significaria um aumento de 62,4% em termos reais.

De acordo com a federação patronal, os assaltos diminuíram 78% entre os anos de 2000 e 2011, passando de 1.903 para 422. Ainda segundo a Febraban, os bancos seguem a Lei Federal nº 7.102/1983 e sua regulamentação. "O aprimoramento da segurança bancária levou a uma adaptação e migração dos criminosos profissionais para assaltos fora das agências bancárias", diz a nota da Febraban.

Com informações da Agencia Brasil

Governo mobiliza Forças Armadas para visita do papa, Copa das Confederações e Copa do Mundo

Às vésperas da realização de três grandes eventos públicos no país, o Ministério da Defesa definiu que as Forças Armadas atuarão nos esquemas de segurança que serão organizados. As diretrizes referem-se à visita do papa Bento XVI, à Copa das Confederações de Futebol em 2013 e à Copa do Mundo em 2014. A ideia é que a Marinha, o Exército e a Aeronáutica atuem no reforço da segurança em todas as áreas consideradas estratégicas.

As diretrizes estão na Portaria 2.221 do Ministério da Defesa, publicada no Diário Oficial da União de hoje (21). Os chamados “grandes eventos” pela portaria são a Copa das Confederações de Futebol, de 15 a 30 de junho de 2013, que ocorrerá em várias cidades, e a Jornada Mundial da Juventude, de 23 a 28 de julho do mesmo ano no Rio de Janeiro, além da Copa do Mundo de Futebol, de 12 de junho a 13 de julho de 2014 – em 12 cidades-sede.

A portaria autoriza que integrantes das Forças Armadas exerçam atividades temporárias nas áreas de defesa aeroespacial, controle do espaço aéreo, das áreas marítima, fluvial e portuária, além de segurança e defesa cibernéticas. Também há atenção especial para as ações de fiscalização de terrorismo e explosivos.

As Forças Armadas devem atuar ainda na fiscalização de armas químicas, biológicas, radiológicas e até nucleares. O embarque e desembarque de passageiros em todo o país, controlados pela Polícia Federal (PF), vão ganhar reforço dos militares, assim como o policiamento de trânsito e estradas.

Os comandos da Marinha, do Exército e da Aeronáutica terão atribuições específicas, de acordo com o texto, mas todos atuarão no reforço do esquema de segurança dos “grandes eventos” em 2013 e 2014.

As diretrizes definidas na portaria referem-se às cidades de Brasília, Cuiabá (Mato Grosso), Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte (Minas Gerais), Porto Alegre (Rio Grande do Sul), Curitiba (Paraná), Natal (Rio Grande do Norte), Salvador (Bahia), Recife (Pernambuco) e Manaus (Amazonas). Essas cidades serão a referência para a área de defesa nos três eventos.

O primeiro grande evento citado pela portaria será a Copa das Confederações de Futebol, de 15 a 30 de junho de 2013. É a nona edição da competição, que ocorre a cada quatro anos sob a coodenação da Federação Internacional de Futebol (Fifa). A competição contará com a partipação das quatro seleções campeãs mundiais: Brasil, Espanha, Itália e Uruguai.

Paralelamente à Copa das Confederações de Futebol estará ocorrendo, no Rio de Janeiro, a Jornada Mundial da Juventude, de 23 a 28 de julho também de 2013. O papa Bento XVI participa do evento, que é o encontro internacional de jovens católicos e ocorre a cada dois ou três anos. A ideia é reunir 4 milhões de pessoas nos cinco dias.

Por fim, em 2014, será realizada a Copa do Mundo do Brasil, em 12 cidades que sediarão os jogos, mas várias servirão de apoio. É a 20ª edição e a quinta vez que ocorre na América do Sul.

DA Agencia Brasil

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Politica partidária ou fanatismo na Chapada das Mulatas

Neste dias a cidade de Chapadinha tem vivido um fenomeno meio doido, grande parte da população esta de cabeça virada. É o fim da picada! Dar sentido idólatra-religioso à admiração, já exagerada, a destaque em qualquer atividade humana revela degenerescência na compreensão dos valores mais altos, que dão sentido à vida. E isso ta acontecendo estão corroendo valores a muitos conquistados.

O ser humano encerra dentro de si uma capacidade, que se pode dizer infinita, de buscar o conhecimento. O poder de construir acaba sendo prejudicado, por exemplo, pela atenção demasiada a partes, que seriam meios e não um fim em si, num processo de inversão de valores, tão comum na época de politicas partidárias. Na Chapada das Mulatas ultrapassar determinado limite, essa concentração exagerada numa atividade humana, A Politica Partidária, ai eu vejo surgir então o fanatismo em cuja esteira se abala o equilíbrio das relações entre os homens.

O fanatismo político-ideológico é o pior deles, pois figura entre as principais causas de guerras, sem se falar nas perseguições isoladas contra indivíduos como reação a posições políticas divergentes. No mesmo nível do fanatismo político, o de natureza religiosa provoca outro tanto de guerras e perseguições, acho interessante observar o paradoxo, pois toda religião tem por princípio a busca da divindade, ou Deus, e para isso prega a harmonia entre os indivíduos como condição básica para se atingir aquele objetivo. E na politica Chapadinhense e cada um puxando brasa para a sua sardinha, "Primeiro o bolso, e o resto que se dane".

O problema com o fanatismo político é que muitas vezes ele começa pequeno, mas ações vão aos poucos crescendo como uma bola de neve e acaba se perdendo o controle sobre elas. É claro que o fanatismo não se limita a ideologias, mas muitas vezes adquire traços personalistas que se traduzem na aceitação de qualquer medida tomada por um governante. Para alguns aqui em Chapadinha ou voce é situação ou é oposição, essa é a condição que querem, não importando a sua opnião, e isso é triste.

Nesse universo de fortes paixões que é a política, como se manter fora das forças inebriantes das massas? Quais são as principais características do fanatismo político? Como perceber se você está se tornando um fanático político? Quais são os melhores parâmetro para se manter junto à realidade? Os fins justificam os meios? Como ampliar a visão para ficar focado em apenas uma coisa? Qual a melhor maneira de tolerar opiniões políticas diferentes?



4ª CI Chapadinha, forma alunos do Proerd dia 22 de agosto

Vai acontecer nesta quarta feira (22) a formatura de 19 salas de aula, totalizando mais de 600 alunos da rede municipal de ensino, esses novos alunos beneficiados pelo Programa Educacional de Resistência as Drogas e a Violência - PROERD, são referente aos alunos do primeiro semestres de 2012.

A formatura vai acontecer às 17:00 horas na praça Irineu Veras Galvão (Praça do Povo), neste primeiro semestre foram beneficiados os alunos das seguintes escolas: Alexandre Costa, Bernarda Portela da Ponte, Carolina mesquita, Manoel José de Santana, Gonçalves Dias, José Sarney, João Gomes, Dom Pedro, Ana Fortes.

A parceria entre a 4ª Companhia e a secretaria municipal de educação de Chapadinha, faz com que Chapadinha se torne o municipio que mais forma aluno no baixo parnaiba, e a cada ano que passa mais e mais alunos são beneficiados pelo PROERD, e a nossa cidade está entre as cidades do Maranhão que mais formou alunos nestes últimos anos.

Proerd já esta formando mais alunos no 2º semestre deste ano, que além das escolas da rede municipal, está também nas escolas o Pequeno Principe e Batista Chapadinhense, além de tres salas na escola do Povoado Cidade Nova, e mais tres salas na comunidade Quilombola do Bonsusseso.

No Comando do Major Edvaldo Mesquita, o Proerd atingiu a todos os municipios da area da 4ª CI, este ano já foram formados alunos na cidade de Agua Doce, e esta em atividades nas cidades de Araioses, Belagua, Brejo, Milagres, Santa Quitéria, Mata Roma, Paulino Neves, Buriti e Tutoia, o que torna a 4ª CI umas das unidades que mais forma alunos do Proerd no Maranhão.

Em todo o país, 32 mil escolas públicas têm ensino integral

A presidenta Dilma Rousseff destacou hoje (20) que o Programa de Ensino Integral Mais Escola oferece educação em dois turnos em 32 mil escolas públicas de todo o país, sendo que em quase 18 mil delas a maioria dos alunos é beneficiário do Bolsa Família.

“Nosso objetivo é ampliar o tempo de estudo da criança e do jovem na escola, com maior acompanhamento dos professores e assim, ao mesmo tempo, estamos assegurando acesso à alimentação de qualidade e ao esporte”, disse.

No programa semanal de rádio Café com a Presidenta, ela explicou que, no turno complementar às aulas, os alunos têm acompanhamento pedagógico, sobretudo em áreas como português e matemática. A escola oferece ainda atividades como música e esportes, que ajudam na concentração e na disciplina dos estudantes.

Dilma comentou também os resultados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), apresentados na semana passada. Segundo ela, os números mostram que o aprendizado no país melhorou em escolas com ensino integral.

“Nos anos iniciais do ensino fundamental, o Brasil teve nota 5 no Ideb, superando a meta de 2011 e também a de 2013. Nós tivemos bons resultados também nos anos finais do ensino fundamental – o Ideb atingiu 4,1, também acima da meta para 2011”, destacou.

A presidenta avaliou, entretanto, que é preciso fazer “um grande esforço” em relação ao ensino médio brasileiro. A estratégia, segundo ela, deve ser baseada na implementação do ensino integral nas escolas e na melhoria dos currículos.

Com Informações da Agencia Brasil

Mensalão: primeiras decisões podem sair nesta segunda-feira

O julgamento do mensalão será retomado hoje (20) à tarde no Supremo Tribunal Federal (STF), com a expectativa das primeiras decisões de absolvição ou condenação dos réus. Conforme divulgado pelo presidente do STF, Carlos Ayres Britto, o julgamento será fatiado por situações criminosas, e o primeiro grupo deve ser colocado em votação logo no início da sessão.

Os ministros devem decidir se o ex-presidente da Câmara dos Deputados João Paulo Cunha deve ser condenado pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e duas vezes pelo crime de peculato. Também analisarão se Marcos Valério, Cristiano Paz e Ramon Hollerbach, ex-sócios da SMP&B Comunicação, devem ser condenados pelos crimes de corrupção ativa e peculato.

O primeiro a votar, na última quinta-feira (16), foi o relator Joaquim Barbosa. Ele anunciou que votaria por capítulos, seguindo o modelo da denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal. Seu voto começou pelo primeiro item do terceiro capítulo, que trata das acusações de desvios de dinheiro na Câmara dos Deputados.

Para Barbosa, ficou provado que João Paulo Cunha recebeu propina de Valério e dos sócios dele para favorecer a SMP&B em uma licitação na Câmara. Na visão do relator, a SMP&B subcontratou todos os serviços e ainda recebeu honorários por isso. Barbosa também entendeu que João Paulo Cunha usou a Câmara para contratar uma empresa de assessoria para uso próprio.

De acordo com o gabinete do relator, o julgamento deve ser retomado nesta segunda com a votação desse mesmo item pelos demais ministros, começando pelo revisor, Ricardo Lewandowski. Na semana passada, Lewandowski teve uma discussão com Barbosa, pois queria que cada ministro lesse o voto por inteiro, e não de forma fatiada. Seu ponto de vista acabou vencido após interferência de Ayres Britto.

Apesar de o presidente ter informado, na última sexta-feira (17), que a questão estava decidida, ainda há dúvidas de como os ministros procederão de fato na hora de votar. A sessão da última quinta foi encerrada sem um ponto final na discussão, e a questão só foi resolvida, informalmente, em um bate-papo entre os ministros antes de deixar o plenário.

Ainda que parte dos réus seja condenada neste início de julgamento, o relator adiantou aos colegas que a dosimetria das penas – definição da punição aplicada após ponderação entre mínimo e máximo - só será decidida no fim do julgamento.

O próximo tema abordado por Barbosa deve ser o fechamento de contratos entre a DNA Propaganda e o Banco do Brasil. Os réus desse segmento são o ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato e novamente os sócios Marcos Valério, Cristiano Paz e Ramon Hollerbach.

DA Agencia Brasil

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

E depois que as Eleições passarem?

Semana rica a que finda, em que todos ficámos (ainda ) mais pobres. No bolso (quase todos) e na consciência (só alguns). Não sei, não posso arbitrar uma data, mas posso passar Minha Intuição. Houve um tempo que a política no Brasil era baseada em ideais, compromissos ideológicos e, claro, tráfico de influência. Sem ser leviano (ou querendo não ser), divido nossa política em AR e DR (Antes da Revolução e Depois da Revolução).

Depois da Revolução, parece-me, nossa política virou Negócio (ação entre “amigos”), onde o que manda é a grana – grana comprando ideais, ideologia e apoios. Mensalinhos, Mensalões, (re)Estatizações, Privatarias …Impressão Minha ou Agravou-se o Fenômeno? teenho como exemplo o que acontece na querida Chapadinha, conchavos, ofensas, agressões e outras coisas mais.

Fica a pergunta e quando a politica de 2012 terminar, como vão ficar? Será que o estrago feito neste periodo eleitoral tem como ser refazido? Será que as ofensas feitas poderão ser perdoadas? E o dinheiro gasto na campanha milionário, quem vai pagar? O contribuinte, meus impostos, seus impostos?

o caminho a ser trilhado não é este, mas infelizmente não é o que acontece, a realidade é outra, a exemplo da minha cidade Chapadinha, tem irmãs e irmãos também intrigado um com o outro por causa da tal da política. Nesta época, o candidato a prefeito(a) é mais importante do que a própria família.

Espero que Jamais eu venha a abandonar minha família, independentemente de qual lado esteja, por causa de um candidato ou de uma sigla partidária, afinal os politicos são inteligentes, em um determinado ano, tal candidato da oposição não presta, o coitado leva tanto nome, na próxima eleição ele é o santinho e agora fazem parte do mesmo grupo, enquanto isso, a família estar desunida, o vizinho estar intrigado com a vizinha e vice-versa. 

Portanto, não vale apena brigar e nem discutir com ninguém por causa da política, o voto é um ato democrático, a pessoa vota em quem quer e em quem achar que é capaz de representar a sua cidade. Pense nisso! Abrace seu irmão, seu vizinho, sua família e prossiga avante, não deixe a politica te transformar, transforme a politica. Sinceramente espero que este texto possa ajuadar a você, meu querido leitor.

Governo deve liberar pelo menos R$ 12 bilhões para reajustes de servidores em greve

da Agência Brasil 
O ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, confirmou hoje (16) que o governo estuda desembolsar pelo menos R$ 12 bilhões para reajustes dos servidores federais em greve. Servidores de mais de 30 órgãos federais estão parados. Nas universidades federais, a greve já dura cerca de três meses.

“Esse é um número inicial. Pode sofrer alteração, porque vamos ter uma negociação longa com o funcionalismo, carreira por carreira. O [Ministério do] Planejamento é quem está cuidando desse tema”, disse Carvalho.

O número está bem abaixo dos R$ 92,2 bilhões necessários para atender a todas as demandas de reajuste dos servidores, segundo cálculo do Ministério do Planejamento.

O valor inclui a negociação com técnicos e professores de universidades federais, para quem o governo já apresentou proposta; e as demais categorias, que ainda não receberam oferta oficial do governo. A previsão é que o Ministério do Planejamento apresente ainda esta semana uma contraproposta às reivindicações dos grevistas.